Acidente em que Tarik Lima e a namorada morreram foi causado por motorista bêbado, diz PRF

Corporação informou que o condutor tinha "capacidade psicomotora alterada" por efeito de álcool

tarik lima morre em acidente na Paraíba
Legenda: Cantor de brega funk era natural de João Pessoa (PB)
Foto: Reprodução/Redes sociais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou, nesta segunda-feira (27), que o acidente do cantor Tarik Lima, e da namorada, Gabrielle Oliveira, foi causado por um motorista bêbado. O condutor do veículo bateu na traseira da moto do casal, que não resistiu aos ferimentos. 

Segundo a PRF, o acidente ocorreu na madrugada da última sexta-feira (24), no KM 96 da BR-101, em Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa. 

A companheira do artista teve o óbito atestado ainda no local. Já Tarik chegou a ser socorrido para o Hospital de Trauma, onde passaria por uma cirurgia de amputação de umas das pernas, mas sofreu uma parada cardíaca e morreu.

O motorista responsável pelo acidente estava  "com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool — embriaguez ao volante", detalhou o relatório da corporação.

Ainda conforme o documento, um exame de  alcoolemia (teste de bafômetro) identificou que havia 0.5 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões do motorista. Ele foi preso em seguida.

Quem é Tarik Lima

Natural de João Pessoa, capital da Paraíba, Tarik Lima era cantor de brega funk e coleciona hits desde 2020, como "Bate com Vontade", que teve participação de Mc Dricka e Dadá Boladão, e ainda "Eu vou te empurrar" e "Eu vou te achar", ambos com Mc Tetéu.

Os sucessos renderam milhares de reproduções no YouTube e em plataformas de streaming, além de vídeos de coreografias no TikTok.

Antes da fama, no entanto, o artista costumava se apresentar em barzinhos e igrejas do bairro Mangabeira, onde morava com a família.