Fortaleza é impiedoso contra o Sousa

Leia a análise do comentarista Wilton Bezerra

Romarinho em jogo pelo Fortaleza
Legenda: Fortaleza atacou o tempo todo e não deu chances ao adversário
Foto: Fabiane de Paula

A estreia do Fortaleza na Copa do Nordeste teve ares de experimentação.

Primeiro porque o Sousa "deu" a bola ao tricolor que não a devolveu mais.
 
Depois porque a configuração tática ficou do jeito que Vojvoda preconiza.
 
Com vinte e seis minutos de jogo o time paraibano já tinha três gols em sua sacola.
 
Sistemas de defesa e meio campo adiantados jogando no campo adversário.
 
Destaques para Crispim e Lucas Lima que se serviram.
 
No segundo tempo mais dois gols e as mudanças no meio campo e ataque, com utilização de Moisés, Romarinho, Vargas e Capixaba.
 
De nada adiantou o ajuntamento defensivo do Sousa para barrar a disparada superioridade do Fortaleza.
 
O tricolor foi impiedoso e jogou com prazer.