Estádio Mauro Sampaio, "o Romeirão"

Confira a coluna desta sexta-feira (18) do comentarista Wilton Bezerra

Montagem com foto do Romeirão
Legenda: Arena Romeirão fica localizado na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará
Foto: arquivo

Quando demoliram o Maracanã no seu interior, arrancaram a alma do maior estádio do Mundo.

Acharam pouco e tentaram tirar o nome do jornalista Mario Filho do templo esportivo, para colocar o nome de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé.

Não sabiam, os ignorantes, que o irmão mais velho de Nelson Rodrigues foi um dos fundadores do futebol carioca.

Não imaginaram, também, que não se cobre um santo, despindo outro.

Não se homenageia uma pessoa, desmerecendo outra

Nessa mesma categoria histórica, vou colocar o nome do Dr. Mauro Sampaio, como um dos maiores impulsionadores do futebol caririense.

Atendendo aos anseios de uma massa de desportistas, consciente da necessidade de um palco à altura do desenvolvimento da cidade, o então prefeito Mauro Sampaio construiu o "Romeirão”, em 1970.

O restante da história todos nós conhecemos.

Longe de qualquer insinuação de que vão retirar ou substituir o nome de Mauro Sampaio dessa joia que o governador Camilo Santana vai entregar à região que lhe viu nascer.

Mesmo porque o governador conhece Juazeiro do Norte e sabe que Mauro Sampaio, além de um politico de enorme expressão no Estado, foi uma grande figura humana.

Entanto, incomoda a referência exclusiva que se faz nos noticiosos à "Arena Romeirão", secundarizando o nome da semente que gerou o belo e novo estádio.

Infelizmente, habitamos o país dos esquecidos.