Ceará vence Clássico e foge do porão

Confira a coluna desta quinta-feira (2)

Imagem mostra jogadores disputando bola
Legenda: Ceará venceu o Fortaleza por 1 a 0.
Foto: Thiago Gadelha/SVM

20 minutos perdidos de jogo brusco, fumaça, confusão e expulsão.

Felipe, do Fortaleza, foi expulso, Vojvoda ficou quieto e achou que, com 10, dava pé.

O Ceará considerou a vantagem numérica, fincou bandeira no campo adversário e foi à luta.

Depois que Moisés, em jogada espetacular, perdeu a única chance do tricolor, o Ceará abriu o mostruário de oportunidades.

Cléber farejou duas vezes, até marcar, em um passe magistral de Vina.

No segundo tempo, até parece que o Ceará é que voltou com menos um.

Romero e Robson foram perdendo, logo cedo, duas chances de empatar para o Fortaleza.

Não foi por estratégia que o Ceará jogou de forma recuada.

Mesmo fazendo várias modificacões, o alvinegro se exauriu fisicamente e sumiu de campo.

O Fortaleza fustigou e mereceu até empatar, pela superação exibida por todo segundo tempo.

Com um jogador a menos,o Leão ainda substituiu um dos três zagueiros, para colocar o atacante Romarinho.

O clássico não foi de bom nível técnico.

Também, pudera.

O campo de jogo do Castelão se presta mais para uma modalidade esportiva de escorregões.