À espera da 'cura'

Leia a coluna deste sábado (23)

Imagem mostra grupo de jogadores
Legenda: Leia a coluna deste sábado.
Foto: Thiago Gadelha/SVM

A atuação do Fortaleza  contra o Bragantino aumentou as preocupações com o destino tricolor no campeonato brasileiro.

Na zona de rebaixamento, o Leão se comporta como um boxeador grogue, na difícil luta para não beijar a lona.

Os poucos resultados expressivos (inclua-se vitória contra o Flamengo) alimentaram esperanças de uma reabilitação.

Só que, ao ser tomado por uma paralisia diante do  Bragantino, o Fortaleza deu continuidade ao seu flerte com o abismo. 

Misteriosos fatores que envolvem o futebol parecem provocar um desejo do time de enterrar-se nele.

Observa-se mesmo um declínio no prestígio que o treinador Voyvoda goza junto à massa torcedora.

Não faltam sugestões para que o argentino altere um pouco seus conceitos, em nome de uma urgência para evitar a queda.

Uma espécie de busca pela "cura" de um time que, até um dia desses, jogava e encantava.

De repente, o que era doce ficou amargo, como num cansaço provocado pela catarse pós-conquistas nos últimos tempos.

Sobram comparações com o infortúnio do Grêmio no ano passado.



Assuntos Relacionados