Em 3ª participação na Série D, Atlético Cearense sonha com acesso; CBF divulga datas de confrontos

Clube chega motivado para o confronto com a favorita Ferroviária sonhando com a Série C do Brasileiro e um calendário mais robusto

Legenda: O Atlético Cearense vem fazendo grande campanha na Série D do Brasileiro
Foto: Kely Pereira / FC Atlético Cearense

O Atlético Cearense se notabilizou por trabalhos consistentes, sempre com bons times e uma estrutura de melhor nível que seus concorrentes do mesmo porte. As campanhas no Campeonato Cearense o credenciaram a disputar a Série D do Campeonato Brasileiro e em sua 3ª participação, a Àguia chega finalmente no confronto do "acesso" para a "Terceirona". O Atlético enfrentará a favorita Ferroviária/SP em dois jogos que prometem muita emoção por se tratar do acesso para o vencedor.

Por ser um time bem organizado pelo técnico Raimundinho - que mais uma vez faz um grande trabalho no futebol cearense - a equipe pode reduzir em campo a disparidade de campanhas. O chaveamento foi definido pela pontuação na classificação geral, com a Ferroviária somando 41 pontos e liderando o quesito e o o Atlético, com 26 pontos.

As datas dos duelos foram divulgados pela CBF na tarde desta segunda-feira, com o jogo die ida acontecendo no domingo (10), às 15 horas no Domingão, e a volta no dia 17, às 15 horas na Fonte Luminosa, em Araraquara.

Embora a Ferrinha tenha mais estrutura, condição financeira, o Atlético pode sim surpreender, principalmente se sair na frente no jogo de ida no Domingão, em Horizonte.

A equipe do técnico Raimundinho tem ótimos valores, como o goleiro Carlão, o volante Daniel, e os atacantes Dudu Itapajé, Ewerton Potiguar e a jóia Erick Pulga.

Campanha

O Atlético avançou na 1ª Fase em 4ª no Grupo 3, com 6 vitórias, 3 empates e 5 derrotas, com 22 gols marcados e 20 sofridos, mas a vaga obtida na última rodada ao vencer o confronto direto contra o Sousa/PB por 2 a 0 fortaleceu muito a equipe para o mata-mata.

Legenda: O técnico Raimundo Wágner faz ótimo trabalho no Atlético, como em outras oportunidades no futebol cearense
Foto: Kely Pereira / FC Atlético Cearense

No 1º mata-mata, a forte Juazeirense, líder do Grupo 4 com uma campanha sólida e uma das surpresas da Copa do Brasil ao eliminar Sport e Cruzeiro, era um duro adversário mas a Àguia fez dois jogos competitivos, empatando em 1 a 1 em casa e 0 a 0 fora, ganhando nos pênaltis, com Carlão sendo o herói, defendendo penalidade no tempo normal e também na disputa, garantindo um 5 a 3.

Ali o Atlético mostrou sua força para o 2º mata-mata, ao encarar o Paragominas. A vitória de 2 a 0, gols de Erick Pulga e Hitalo deram uma ótima vantagem. 

Mas lá no Pará foi difícil, com o time da casa abrindo 2  a 0, quando Iago marcou aos 23 minutos do 2º tempo e o Atlético segurou a vaga.

 A comemoração nos vestiários da Arena Verde mostram a alegria de um time guerreiro e que vem passando fase a fase nessa Série D sempre difícil e cheia de percalços.

Veja a comemoração do Atlético


Outros anos

O Atlético chega finalmente no jogo do acesso após deixar escapar a chance em 2016 e 2017, ambas na 2ª Fase.

Em 2016, ainda como Uniclinic, a equipe liderou seu grupo na 1ª Fase nas parou no Itabaiana/SE na 2ª Fase

Em 2017 o roteiro se repetiu: naquele ano, o time encantou na 1ª Fase, terminando na liderança com 15 pontos, e 5 vitórias em 6 jogos, mas foram eliminados por um Bragantino/PA forte em casa, abrindo um 3 a 0 que seria irreversível na volta.

Em 2021, o time tem finalmente a chance de conquistar o acesso, que seria muito importante para o crescimento do clube e um calendário mais robusto. Afinal, a Série D ainda requer campanhas de destaque no Estadual para disputá-la.

Na Série C, além de mais visibilidade com equipes mais fortes - Ferroviário e Floresta estão lá - o número de jogos é maior.

Quem sabe teremos um terceiro representante cearense na Série C de 2022?