Ranking mostra os 20 bairros de Fortaleza com os imóveis mais caros

Saiba quanto custa, em média, o metro quadrado nos bairros mais valorizados da capital

Imóveis
Legenda: Preços no mercado imobiliário apresentaram alta em Fortaleza
Foto: Kid Júnior

Pesquisa encomendada pela Coluna ao DataZAP+, empresa especializada em inteligência de dados no setor imobiliário, mostra como está o comportamento dos preços de imóveis nos 20 bairros mais valorizados da capital em 2021.

O Centro, por exemplo, destaca-se com uma alta acentuada de 21% no acumulado de 12 meses, que levou o valor médio do metro quadrado para R$ 6.527.

Já no Benfica e no Bairro de Fátima, a trajetória é oposta. No primeiro, houve queda de 13% na média de preços nos últimos 12 meses, enquanto no último a retração foi de 6,2%.

O bairro mais valorizado de Fortaleza continua sendo o Meireles, com metro quadrado médio acima de R$ 8 mil, seguido no pódio por Mucuripe e Guararapes.

Confira o ranking dos bairros mais caros (m²)

  1. Meireles: R$ 8.029
  2. Mucuripe: R$ 7.741
  3. Guararapes: R$ 7.582
  4. Luciano Cavalcante: R$ 7.403
  5. Manuel Dias Branco: R$ 7.330
  6. Cocó: R$ 7.313
  7. Praia do Futuro: R$ 7.234
  8. Praia de Iracema: R$ 7.218
  9. Aldeota: R$ 7.094
  10. José Bonifácio: R$ 6.786
  11. Centro: R$ 6.527
  12. Edson Queiroz: R$ 6.468
  13. Parquelândia: R$ 6.079
  14. Parque Iracema: R$ 5.962
  15. Presidente Kennedy: R$ 5.770
  16. Dionísio Torres: R$ 5.418
  17. Benfica: R$ 5.395
  18. Fátima: R$ 5.307
  19. Jóquei: R$ 5.064
  20. Joaquim Távora: R$ 5.001

 

Fonte: DataZAP+

Evolução na Capital

O preço médio do metro quadrado no mercado imobiliário de Fortaleza chegou a R$ 6.255 em novembro deste ano, aponta a nova edição do índice FipeZap. No acumulado do ano, os imóveis ficaram, em média, 4,7% mais caros.

A curva de preços mostra que, depois do período mais crítico da pandemia, o mercado começou a recompor os valores, principalmente a partir do fim de 2020.



Assuntos Relacionados