Porto do Pecém bate recorde de movimentação de cargas em 2021

Pela primeira vez, terminal deve superar a marca de 20 milhões de toneladas

Legenda: Porto do Pecém mira 20 milhões de toneladas movimentadas em 2021
Foto: Carlos Marlon

O Porto do Pecém encerrou outubro batendo recorde na movimentação de cargas. No acumulado de 2021, considerando os 10 primeiros meses do ano, o terminal já acumula o fluxo de 18,107 milhões de toneladas, maior resultado da história.

Mesmo faltando dois meses para o fechamento anual, o porto já superou a marca que até então era a maior, correspondente ao ano de 2019 inteiro (18,100 milhões de t).

Com os fortes números registrados neste ano até o momento, o presidente do Complexo do Pecém, Danilo Serpa, projeta que o porto deve bater, pela primeira vez, o patamar de 20 milhões de toneladas, uma "incrível marca", nas palavras dele.

“Esse resultado é a confirmação da retomada do crescimento das movimentações do nosso terminal. Os números indicam o melhor período acumulado da nossa história. Em dez meses superamos todo o ano de 2019, quando registramos nossa melhor movimentação desde que o Porto do Pecém foi inaugurado em 2002".
Danilo Serpa
Presidente do Complexo do Pecém

Em outubro, foram movimentados 2 milhões de toneladas, das quais 1,4 milhão desembarcado e 676 mil embarcadas para portos do Brasil e do mundo.

Lista dos principais itens

Os principais produtos que passaram pelo porto no período foram:

  • Minérios
  • Combustíveis minerais
  • Ferro fundido
  • Cereais
  • Sal e produtos da indústria de moagem.

 

Em outubro, a movimentação foi 68% superior ao assinalado em igual período de 2020.

 



Assuntos Relacionados