13º salário injeta R$ 7 bilhões na economia do Ceará em 2023

Mais de 1,6 milhão de trabalhadores vão receber o abono, diz Dieese

Foto: Thiago Gadelha
Página patrocinada por:

Os pagamentos referentes ao 13º salário deste ano movimentarão R$ 7 bilhões na economia cearense, segundo estudo do Dieese. O abono será pago a pouco mais de 3 milhões de pessoas no Ceará, incluindo 1,6 milhão de assalariados do mercado formal e 1,3 milhão de aposentados e pensionistas. Este segundo grupo já recebeu o dinheiro, que, mais uma vez, foi pago antecipadamente pelo Governo Federal.

Já os trabalhadores do regime CLT receberão a primeira parcela do 13º até o dia 30 de novembro, data limite prevista em lei, e a segunda parte até 20 de dezembro.

Ainda de acordo com o Dieese, no Ceará, cada trabalhador terá acesso, em média, a R$ 2.163,65.

Divisão

Dos R$ 7 bilhões previstos, R$ 4,7 bilhões são referentes aos empregados com carteira assinada e mais de R$ 2 bilhões dizem respeito aos aposentados e pensionistas do INSS e de regimes próprios do Estado e Municípios.

Servidores do Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza já receberam a primeira parcela. As datas de pagamento da porção restante ainda não foram anunciadas.

No Brasil, o 13º gira R$ 291 bilhões e alcança 87 milhões de pessoas.



Assuntos Relacionados