Os astros e numerologia salvaram o meu aniversário esse ano

O dia do meu aniversário caiu na semana na qual qualquer tosse ou espirro podia (e pode) ser gripe, Covid ou nada. De lascar para quem ama comemorar o dia do aniversário!

Bolo de aniversário com velas que não serão assopradas nesse ano
Legenda: Bolo de aniversário com velas que não serão assopradas nesse ano
Foto: New Africa/ Shutterstock

Nem todo mundo gosta de aniversário, eu sei!

Eu gosto. Não nego e todo mundo sabe. O meu é hoje, 9 de janeiro.

Nove é um número que tem todo um significado. Representa o começo e o fim de um ciclo, por isso, também, as pessoas que nasceram nesse dia, buscam uma realização total dos seus desejos. O ciclo tem que fechar!

O último dígito cardinal simples está ligado às pessoas que são simpáticas, generosas, emocionais, humanitárias, solidárias, artistas e criativas, ligadas a escrita e a comunicação.

São pessoas possessivas e consumistas.

É claro que nem todo mundo do dia 9 é igual e tem todas essas qualidades/defeitos. Consigo encaixar bem em muitas delas.

Só sei que acho que o número 9 tem um charme a mais! Desenha o 9 para você ver! Ele tem curvas e uma perninha que balança! Bem feminino...

Nasci às 5.55 horas da manhã. Por 40 anos da minha vida, meu pai acordava-me nesse dia e nesse horário para lembrar a felicidade que foi a minha chegada no mundo. Era um despertar especial.

Foto: mountain beetle/ Shutterstock

Nesse horário, garanti a ascendência em capricórnio, o que representa a maneira como apresento-me para as pessoas.

Sou séria, super reservada com os meus assuntos pessoais, paciente com minhas pretensões e não dou um passo se for para por em risco a minha segurança.

Os duplamente capricornianos tem a fama de serem frios por não compartilharem suas emoções com os outros. Basta com quem amamos, não? Essa extravagância do “mundo, a polícia e 3 marcianos” saberem é desnecessária! Seres controladores, trabalhadores, inteligentes, perseverantes, esforçados, fortes, confiáveis, responsáveis, maduros e tradicionais (ufa!) não precisam demonstrar esse lado meloso (rsrs). É demais (rsrs) para os orgulhosos e donos de si!

No mundo da aparência, posso parecer chata e rigorosa, mas garanto que tenho relações sólidas por meu comprometimento e responsabilidade. Falou, está falado. Fiz, assumo. Marcou, está marcado. Não deu, mas qualquer momento pode ser que aconteça! Vida que segue!

Legenda: Capricorniana com ascendência em capricórnio
Foto: Jeritza Gurgel

Dizem por aí, que os capricornianos com ascendência em capricórnio têm nariz comprido e pontudo, olhos pequenos e fundos e um olhar desconfiado. Eita pau! Aí, está na cara e eu não posso dizer nada.
Jeritza Gurgel
Sobre a aparência física dos capricornianos com ascendência em capricórnio

Falam, também, que temos um comportamento inconfundível na forma de agir. Concordo! Sou óbvia e previsível! De lascar!

E desse jeitinho previsível de ser, confesso que estou chateada demais com a nova “onda” de infecções, após as festas de final de ano.

Um, porque muita gente adoeceu. Gripes e a variação da Covid ganharam força no mundo. Ainda bem que boa parte da população está vacinada, o que garantiu resistência na nova acelerada contaminação.

Dois, o pânico tomou conta das pessoas com receio de propagação, seja lá o que for, e, assim, a minha confraternização restou frustrada, mais uma vez. Não fiquei à vontade nem de pensar em festa.

Adoraria receber um monte de gente fina, elegante e sincera hoje, aqui em casa, com tudo do bom e do melhor: boas músicas, boas comidas, boas energias e celebrar mais um ano de vida.

Legenda: Aniversário de 2 anos
Foto: Sei lá! Deve ter sido meu pai

Se não é possível, tenho minha ilusão amadurecida, na paciência que é dada aos duplamente capricornianos, e prossigo comemorando, dentro do possível e seguro. Afinal, o dia que minha mãe me deu à luz e pude, então, abrir os olhos para esse mundo, tenho mais é que agradecer por ter sido tão bem recebida, muito amada e perceber que meus caminhos são bem trilhados. Quanta generosidade para emburrar por alguns anos sem comemorar do jeito que gosto, né não?

O destino dos próximos aniversários eu não sei mais e nem vou pensar nisso. Resolvi agir com praticidade, exatidão e positividade: se o número 9 fecha mais um ciclo, o somatório da minha nova idade resulta 11, que é um “número mestre”. O 11 é portador de uma força duplicada e traz marcantes traços de liderança, espiritualidade, criatividade e colaboração. É, também, um número muito ligado à espiritualidade que precisa de conexão com o mundo através de uma portadora.

Opa! Aqui estou eu! Astros e números salvaram o aniversário! Vou buscar o sinal e a senha do wi-fi. 

Que tal?

Viva viver e as possibilidades que a vida oferece!

Dominguemos, Amém!

*Esse texto reflete, exclusivamente, a opinião da autora.