O que é a ejaculação feminina

“Squirting” está entre as maiores dúvidas sobre o prazer feminino; você vai entender tudo agora!

“Squirt” vem do inglês e, traduzindo, significa "esguicho" ou "jato".

Sabe aquela cena da cama toda molhada? Pois é! Quando há um fluido expelido pelo órgão sexual feminino durante o sexo, ele é conhecido como “squirting”.

E aí, para entender melhor o post que vi no blog Lábios Livres (que também tem um perfil no instagram), corri para perguntar quem entende do assunto que é a Bellie Bedê. Claro que ela explicou bem direitinho. Olha aí!

Legenda: Isabelle Bedê
Foto: Divulgação

Squirting é um tipo de orgasmo?

É importante deixar claro que não existe apenas uma forma de chegar ao orgasmo. Não tem como comparar prazer, já que ele depende, exclusivamente, do que cada mulher considera prazer.

Você pode ter um orgasmo ao ter squirting, mas nem todo squirting significa que você teve orgasmo! O orgasmo caracteriza uma reação do corpo a uma sensação de extremo prazer e isso pode ser alcançado de diversas formas - orgasmo clitoriano, vaginal, anal… O squirt é, apenas, mais um deles, ok?

Importante ressaltar

A jornada do prazer é única e individual de cada mulher. Enquanto algumas mulheres acham a experiência intensamente prazerosa, outras podem achar que é algo embaraçoso e até mesmo indesejável. Então, não esqueça: você não deve transformar um momento de prazer em uma pressão para alcançá-lo.

Saiba mais sobre o squirting

  • Não tem coloração amarelada como a urina! O líquido não tem cor.
  • Não possui cheiro.

Como e onde estimular?

Não existe um ponto específico no corpo para alcançá-lo, mas o squirting acontece quando a mulher está completamente relaxada. Porém, algumas regiões quando estimuladas podem facilitar esse processo:

Legenda: Ilustração do blog Lábios Livres
Foto: Divulgação

Complexo clitoro-uretro-vagina: fica numa região estratégica, localizada logo na entrada da vagina, na parte mais central da parede anterior, onde logo acima fica a saída da uretra, as glândulas de Skene e a raiz do clitóris.

Ponto G: Para localizar essa zona, busque com os seus dedos uma área rugosa logo atrás do osso púbico (sozinha ou com alguém)

Clitóris: Comece por fora do clitóris, movendo os dedos para trás e para frente e vice-versa, em seguida, mude para movimentos circulares em diferentes velocidades e intensidade.

Movimento pélvicos: Movimentos de contração e relaxamento da musculatura pélvica, como no pompoarismo ou uso das Yoni Eggs.

Todos esses pontos podem ser estimulados sozinha, com parceiros ou objetos.

Então, SiSi Lovers, a imaginação é quem manda! Se joga!



Assuntos Relacionados