Educação, Cultura e Amor: assim devemos seguir

Mulher negra professora com aluno asiático
Legenda: Vemos o bom exemplo que países com alto nível de Educação nos dão
Foto: Pexels

 Coreia do Sul e a Finlândia trabalharam incrivelmente no último meio século para diminuir as suas desigualdades sociais, cada um com seu método distinto, e propiciaram a seus habitantes acesso em massa à Educação, o que consequentemente trouxe uma melhor condição socioeconômica aos seus cidadãos. Os coreanos alcançaram um feito notável: o país está 100% alfabetizado e na vanguarda dos testes comparativos internacionais neste quesito, com inserção de testes de pensamento crítico e análise.

Visitei alguns países asiáticos nos últimos 20 anos, estive na Coreia do Sul umas três vezes e, hoje, quando vejo as mudanças que ocorreram lá, me impressiono ao ver como este país desenvolve um trabalho em prol da qualidade de vida de seu povo; e isso acontece através das melhorias aplicadas nos setores não só da Educação, como também no transporte, no esporte e na cultura.

A Coreia do Sul sediou os Jogos Olímpicos de 1988, deixou marcas positivas e um belo legado no esporte. Depois disso, o país se tornou uma potência mundial. O esporte agrega os sul-coreanos através do incentivo da prática de atividades físicas desde as crianças até as pessoas com idade avançada, o que estimula que a sociedade seja disciplinada e consciente sobre seu bem estar físico e mental, que está estritamente ligado à melhora do rendimento de aprendizado do que se estuda. 

Lição que aprendemos: o esporte é fundamental na formação educacional, estas duas áreas estão entrelaçadas e caminham juntas.

Vemos o bom exemplo que países com alto nível de Educação nos dão, como também é o caso do Japão. Esse país do oriente trabalha e se adapta aos novos protocolos de viver no tempo da pandemia da Covid-19 e pós-2020; trabalha na organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que serão realizados agora em julho 2021; segue as orientações científicas e trabalha da melhor forma nesta nova realidade. Prezam pela segurança dos atletas e do público, que não estará presente in loco, mas que poderá acompanhar as competições em tempo real através das diversas mídias digitais às quais temos acesso neste século XXI.

Educar nossos filhos requer dedicação, atenção e carinho. Nós, pais e mães, damos exemplos para as nossas crias através nos nossos hábitos e atitudes cotidianas. Para que sejamos um espelho motivador e positivo, devemos agir com disciplina e caminhar junto com eles. Buscamos ter uma convivência intensa e com cadência para suprir os anseios de nossos filhos, ou ao menos tentar. Devemos respeitar o tempo de cada um, há jovens que encontram sua vocação/caminho bem cedo e outros que levam mais tempo, e passam por etapas e por um processo extenso para se encontrarem. 

Às vezes é necessário retroceder para avançar, e nós precisamos ser compreensivos e apoiar nossos filhos. 

Há também casos em que os filhos são o nosso esteio e força, se dedicam a nós com um papel de cuidar e de nos assessorar, filhos também são pais em alguns casos e situações.

Neste próximo domingo é Dia das Mães. Gostaria de deixar aqui meu singelo parabéns para as mulheres; que têm um papel fundamental na geração e formação de novos seres; por sua força e esmero na criação dos filhos/as, cada uma com seu jeito peculiar e possível de educar. 

Também parabenizo os "pães” (pais que exercem o papel híbrido de mãe e pai ao mesmo tempo), seja um pai independente seja uma família composta por um casal de homens. 

Posso ilustrar essa formação contemporânea através da vida e história do grande ator e pessoa Paulo Gustavo, que nos deixou esta semana, sendo mais uma vítima entre os mais de 400 mil brasileiros acometidos pela Covid-19 aqui no Brasil. Ele nos acalentou e nos alegrou com seu humor e simplicidade, com sua brilhante inteligência alcançou todas as classes sociais do nosso país. 

Uma grande parte da nossa sociedade se identificou com seus personagens fictícios, mas bem reais; nos mostrou a importância da Cultura na Educação e na formação do povo brasileiro. Viva Paulo Gustavo! Desejo conforto e carinho para sua família!

Reescrevo, a seguir, uma das frases do nosso herói da arte contemporânea popular e da alegria brasileira, que viralizou desde ontem: “Diga o quanto você ama a quem você ama. Amar é ação, amar é arte".

*Este texto reflete, exclusivamente, a opinião do autor.



Assuntos Relacionados