É preciso enaltecer os profissionais da saúde que praticam o altruísmo

Profissional de saúde
Legenda: Dá um alento ver que há pessoas que se dedicam à humanidade no combate as chagas que estão presentes em nós
Foto: Shutterstock

Como não enaltecer aqueles que praticam o altruísmo em tempos em que o egoísmo parece se multiplicar? Dá um alento ver que há pessoas que se dedicam à humanidade no combate as chagas que estão presentes em todos nós, os profissionais que cuidam da nossa saúde.

Escrevo este texto aqui da sala de espera do Dr. Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, mais conhecido como Dr. Cabeto, médico cardiologista que me atende há 10 anos, desde que cheguei em Fortaleza. Atualmente, além do trabalho clínico no consultório, ele é também Secretário de Saúde do Estado do Ceará.

Lembro que logo na primeira consulta tivemos uma longa conversa sobre vários temas de interesse em comum, prosa permeada pela preocupação com o coletivo e, também, claro, sobre esporte.

Dr. Cabeto é ex-jogador de futsal, da época gloriosa desta modalidade esportiva no Ceará, com times como o Sumov e o Banfort. Na década de 80, o Estado tinha a hegemonia deste esporte no Brasil. Me sinto honrado por ter um laço de amizade com Cabeto, coração bem cuidado e feliz.

Desde o início da pandemia de Covid-19, aqui no Brasil, o Nordeste, principalmente o Ceará e o Maranhão, se destacam pela atuação eficiente no trabalho árduo de atendimento e cuidados com pacientes infectados pelo então novo coronavírus.

A gestão de Dr. Cabeto na linha de frente da Secretaria de Saúde do Ceará serve de exemplo para outros estados, com um olhar abrangente sobre a população, mas com um cuidado individualizado. A pandemia exaltou o lado guerreiro e aguerrido do Dr. e Gestor Cabeto.

Um outro trabalho modelo do qual ele faz parte é o Instituto de Ciências Médicas Paulo Marcelo Martins, no Ceará. Instituição sem fins lucrativos, idealizada por professores e médicos da Universidade Federal do Ceará, centro de referência nacional em pesquisa e ensino.

O Ceará agradece demais o trabalho de dedicação da Secretaria de Saúde, representada pelo Dr. Cabeto.

Até o fim de agosto está previsto que todo o Estado do Ceará estará vacinado. Isso dará um novo vigor para a população e também para as atividades esportivas. Nó,s desportistas, já podemos planejar como será a organização dos eventos esportivos e jogos para ter o público de volta aos ginásios e arenas em breve, assim que estivermos todos protegidos, digo, vacinados.

* Esse texto reflete, exclusivamente, a opinião do autor.



Assuntos Relacionados