Renault Stepway 2020

SUV tem bons atributos, visual diferenciado e ganha opção de câmbio CVT.

stepway1
O câmbio CVT X-Tronic proporciona o máximo conforto. Foto: Divulgação

O visual do Stepway sempre foi um dos diferenciais do modelo. A maior altura do solo – 185 mm, 45 mm a mais que o Sandero com câmbio manual – facilita a condução do dia a dia, encarando  as valetas e lombadas das cidades. A posição de dirigir elevada é outro destaque do modelo.

Agora na linha 2020, o modelo está mais robusto, com um novo para-choque dianteiro com apliques em cromado nos faróis de neblina e skis (dianteiros e traseiros) na cor prata, que reforçam ainda mais o visual SUV. As lanternas com tecnologia em LED, com máscara preta, conferem um estilo único ao Stepway, com uma assinatura luminosa exclusiva. 

O Stepway 2020 traz novas rodas de 16 polegadas bíton diamantadas, na cor cinza Erbe, contribuindo para o visual diferenciado do modelo.

Internamente, o veículo tem elementos que reforçam por meio do estilo a identidade diferenciada do modelo, como a assinatura Stepway em baixo relevo no detalhe em cromo acetinado do volante, além da identificação 3D e baixo relevo nos bancos e elementos de cor.

O Stepway tem motor 1.6 SCe e três versões de acabamento: Zen, com câmbio manual, Intense, com câmbio CVT X-Ttronic, e Iconic, com câmbio CVT X-Tronic.

Lançado em 2008, um ano após a chegada do Sandero ao mercado brasileiro, o Stepway se destacava por seu alto nível de robustez. Esse atributo foi um dos pilares de todo o processo de desenvolvimento da base mecânica realizado pela equipe de profissionais da Renault Tecnologia América (RTA), que fica no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR).

O veículo também passou pelo facelift em 2011, apresentando uma personalidade própria em relação às demais versões. Para-choques mais encorpados, máscaras negras nos faróis e lanternas, além da altura elevada em relação ao solo marcaram essa versão.

Em 2012, o modelo ganhou a série limitada Rip Curl, feita em parceria com a conhecida marca multinacional de moda surfwear, destinada aos consumidores que procuravam um hatch completo com design atraente e detalhes diferenciados.

Em 2014, chegou a nova geração, com um visual ainda atraente, muita versatilidade e conectividade. Com ponto forte no design, o veículo trazia a imponência típica dos SUVs e pelos detalhes que dão ao mesmo tempo ousadia e sofisticação. E em 2016, ganhou uma nova série limitada Rip Curl.

No total, mais de 160 mil Stepway já foram vendidos. Sucesso desde seu lançamento, o veículo é hoje um dos mais vendidos entre os compactos aventureiros, com 23% de participação no segmento em 2019. 

Assim como o Sandero e o Logan, o Stepway vem completo de fábrica. O único opcional fica por conta da pintura branca ou metálica. O bege Dune estreia como cor exclusiva do Stepway, que também é oferecido nas cores cinza Cassiopée, branco Glacier, prata Étoile, preto Nacré e vermelho Vivo. 

stepway2

Confira abaixo os principais itens de série de cada versão do Stepway:
. Zen 1.6 (R$ 61.190): quatro airbags (dois frontais e dois laterais), Isofix, sensor de estacionamento, direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, alarme, faróis de neblina, chave canivete, rádio, Stop&Start e rodas de 16 polegadas Flexwheel;

. Intense 1.6 CVT X-Tronic (R$ 70.990): todos os equipamentos da versão Zen mais Media Evolution, controle eletrônico de estabilidade (ESC), assistente de partida em rampas (HSA), ar-condicionado automático, câmera de ré, vidros traseiros elétricos, retrovisores elétricos, piloto automático (controlador e limitador de velocidade) e rodas de liga leve 16 polegadas bíton diamantadas;

. Iconic 1.6 CVT X-Tronic (R$ 73.090): todos os itens da Intense CVT mais bancos de couro, sensor de chuva, sensor de luminosidade e rodas de liga leve 16 polegadas bíton diamantadas.

Câmbio Cvt X-Tronic
O câmbio CVT X-Tronic proporciona o máximo conforto, especialmente para grandes centros urbanos. Um de seus diferenciais é um software de gerenciamento que dá a opção ao condutor de reproduzir seis marchas virtualmente. A transmissão CVT X-Tronic oferece, em todas as versões, a possibilidade de troca manual na alavanca de câmbio. Ao motorista, cabe posicionar a manopla à esquerda para assumir o controle. A opção traz vantagem em performance, especialmente nas ultrapassagens e nas arrancadas.

As acelerações do CVT X-Tronic são constantes e eficientes. O desenvolvimento dessa transmissão foi baseado em três pilares: linearidade, agilidade e dirigibilidade. O efeito pode ser percebido em retomadas de velocidade ou saídas de semáforo, por exemplo. Para os passageiros, a sensação é de conforto, sem que haja qualquer tranco. 

Pensando no conforto, há o sistema Lock-up com Active Slip Control. Neste sistema, a polia é liberada de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear. Essa característica garante acelerações com respostas mais vigorosas e sem alternâncias, pois “segura” a polia e a solta de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear e rápida.

Motor SCe
Desenvolvidos pela Renault Tecnologia Américas (RTA) e produzidos no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, os motores 1.0 SCe e 1.6 SCe se destacam pelo maior desempenho e prazer ao dirigir.

O 1.0 SCe 12V de três cilindros tem duplo comando de válvulas variável na admissão e no escape, tecnologia inédita entre os motores de entrada, oferecendo 90% do torque máximo (10,5 kgfm) já a 2.000 rpm. A potência é de 82 cv com etanol.

Já o 1.6 SCe 16V de quatro cilindros traz duplo comando de válvulas variável na admissão, injetores posicionados no cabeçote que garantem alta eficiência e bom desempenho desde as baixas rotações. A potência máxima é de 118 cv com etanol e o torque é de 16 kgfm. 

A Renault aproveita o “know-how” adquirido nas pistas da Fórmula 1, categoria na qual a marca já conquistou 12 títulos mundiais, para garantir a máxima eficiência de seus motores. Das pistas, veio a tecnologia ESM (Energy Smart Management) e a bomba de óleo com vazão variável, que reduzem o consumo de combustível.

Para potencializar o comportamento econômico, os modelos equipados com o MEDIA Evolution trazem as funções Eco-Coaching, que avalia a condução do motorista ao final de um percurso, levando em conta o momento certo para a troca de marchas, a regularidade da velocidade, o consumo e a quilometragem percorrida; e o Eco-Scoring, que orienta o condutor para dirigir de modo mais econômico. 

Ficha técnica:
Motor: 1.6 l, flex, 4 cilindros
Potência: 118 CV
Câmbio: Manual/CVT
Preço: a partir de R$ 61.190