Lucro da Grendene dispara no 2º tri com salto nas vendas

Expansão das vendas no mercado interno impulsionou o resultado

Grendene
Foto: Marcelino Júnior

A Grendene, cuja produção de calçados é feita integralmente no Ceará, registrou, no segundo trimestre deste ano, lucro líquido de R$ 65,7 milhões, um crescimento 98% sobre o mesmo período no ano passado.

Informou a companhia que a receita bruta total saltou 46,5%, para R$ 641,4 milhões; enquanto o volume de pares vendidos alcançou 31,7 milhões, alta de 34,9%.

“Conseguimos confirmar nossas expectativas de um segundo trimestre forte. Mesmo diante de um cenário desafiador em todo o mundo, avançamos em nossa recuperação graças à boa estratégia comercial desenhada e ao empenho de nossas equipes”, afirma Alceu Albuquerque, diretor de Relações com Investidores da Grendene.

O impulso no segundo trimestre foi disparado pelas vendas ao mercado doméstico. No Brasil, houve crescimento de 49,4% em receita bruta, para 498,6 milhões e de 32,2% em volumes de pares, para 24,3 milhões de pares, sempre na comparação dos mesmos três meses de 2021.

Principais resultados

  • Receita bruta: R$ 641,4 milhões, +46,5%
  • Receita bruta de exportação: R$142,8 milhões, +37,4%
  • Volume de pares exportados: 7,4 milhões, +44,6%
  • Lucro líquido: R$ 65,7 milhões, +98%

No mercado externo, as exportações superaram em 37,4% a receita bruta do 2T21, totalizando R$142,8 milhões. Já o volume de pares embarcados cresceu 44,6% para 7,4 milhões.

O Ebit recorrente (lucro antes dos juros e tributos) foi de R$ 11 milhões (alta de 67,6%), com uma margem de 2,1%; enquanto o Ebitda (lucro antes de juros, impostos e amortização cresceu 22,7% para R$ 35,8 milhões.



Assuntos Relacionados