Com fábricas no Ceará, Grendene investe R$ 50 milhões em produção de energia

Legenda: Com sete unidades de produção em Sobral, a Grendene é a maior empregadora de mão de obra no Ceará
Foto: Divulgação
Página patrocinada por:

A Grendene anunciou assinatura de contrato de compra e venda de energia e participação com a Várzea Holding, um negócio cujo pontapé inicial se deu em 2022

O investimento soma R$ 50,5 milhões e prevê a entrega de energia elétrica incentivada pela Várzea SPE equivalente a 10 MW/médio à Grendene pelos próximos 20 anos. A conclusão do negócio foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

“Finalizar esse acordo é de extrema importância para nós, não apenas para alavancar os objetivos de negócios da Grendene, mas principalmente pelo nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável. Investir em uma fonte renovável de energia limpa significa reduzir ainda mais a emissão de gás carbônico e, consequentemente, o impacto ambiental”, destaca Alceu Albuquerque, Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Grendene.

Hoje, 100% da energia elétrica utilizada nas fábricas da companhia é de origem renovável.

Com quatro unidades industriais, distribuídas por Ceará e Rio Grande do Sul, a fabricante tem capacidade instalada para produzir 250 milhões de pares/ano.