Superliga começa no fim de semana; confira como está a temporada dos principais times de vôlei

A competição nacional de vôlei inicia no sábado (23), no masculino e dia 28, no feminino

Sem grandes surpresas, Osasco conquista o 16º título paulista
Legenda: Sem grandes surpresas, Osasco conquista o 16º título paulista
Foto: João Pires/FotoJump

A principal disputa do vôlei nacional está prestes a começar. A Superliga é o campeonato brasileiro da modalidade  e terá em quadra 24 equipes divididas igualmente entre as categorias feminina e masculina. Antes da competição mais esperada da temporada, os estaduais têm aberto caminho e apresentado uma prévia do que devemos esperar da Superliga. 

As principais competições por Estado seguiram um script sem muitas surpresas. Osasco conquistou o título paulista feminino, Campinas, o masculino, Praia Clube o mineiro entre as mulheres, Cruzeiro, entre os homens.

O campeonato carioca passou por alguns baques, esse ano, sem todos os participantes: o feminino foi reduzido direto a uma final entre Sesc Flamengo e Fluminense. O rubro-negro levou a melhor no primeiro jogo e a grande decisão será nesta sexta-feira (22), às 21h. Sobre o campeonato masculino, nenhuma notícia foi divulgada e a Federação de Vôlei do Rio de Janeiro não respondeu sequer se a competição chegou a acontecer.

A grande surpresa nos campeonatos estaduais ficou por conta da classificação do Barueri, do técnico José Roberto Guimarães e seu jovem elenco, conhecido como “Chiquititas”, para a final do paulista, derrotando nas semifinais o favorito Bauru, de jogadoras experientes, como Dani Lins, Adenízia, Drussyla e Mayany.

Mas o time do também técnico da seleção brasileira acabou derrotado e Osasco se sagrou hexadecacampeão. Título que não esconde dificuldades e ajustes que precisam ser feitos caso a equipe tenha planos de disputar algo a mais do que o 3 º lugar conquistado na última edição da Superliga. Sem Tandara e ainda muito dependente da efetividade de Tiffany, a equipe precisa de rodagem. 

Não exatamente uma surpresa, mas virada de resultado foi o que definiu o paulista masculino, conquistado pela segunda vez pelo Campinas. A desvantagem no primeiro jogo contra o Guarulhos, foi revertida na grande decisão, levando à final para o golden set, que terminou com o segundo título estadual consecutivo do time de Campinas. 

Campinas leva final ao Golden Set e se sagra bicampeão paulista
Legenda: Campinas leva final ao Golden Set e se sagra bicampeão paulista
Foto: Pedro Teixeira

Vôlei com sotaque mineiro

Diferente do domínio comum de se ver há alguns anos, em que Cimed, Cruzeiro e Minas dividiam a hegemonia no masculino e Rio e Osaco dominavam o cenário da Superliga feminina, os times que chegam às finais têm sido diferentes na últimas edições da competição nacional. No masculino, o Taubaté venceu as duas últimas edições, assim como o Minas, bicampeão no feminino. 

Entre as mulheres, o então cenário dominado pelo eixo Rio-SP, é cada vez mais mineiro. Mineiras, inclusive, que decidiram a Supercopa nesta semana. A competição reúne vencedores de Copa do Brasil e Superliga.O time de Uberlândia levou a melhor. 

Praia Clube conquista o tetracampeonato da Supercopa
Legenda: Praia Clube conquista o tetracampeonato da Supercopa
Foto: CBV

Prestes a começar, a Superliga 2021/22 deve ser de equilíbrio, entre velhos conhecidos do público. No feminino, Praia e Minas estão à frente, mas podem ser surpreendidos por Osasco, Bauru, Rio e até mesmo o jovem Barueri, que já mostrou a que veio no Paulista.

Entre os homens, Cruzeiro e Campinas emcabeçam a fila dos favoritos. A disputa começa no próximo sábado (23) com Montes Claros América Vôlei (MG) x Brasília Vôlei (DF), às 17h. A Superliga feminina tem início cinco dias depois com Brasília Vôlei (DF) e Unilife-Maringá (PR), às 17h.

Muito mais do que uma competição, a Superliga é onde o vôlei nacional encontra espaço. Com todos os jogos transmitidos por SporTV ou Canal Vôlei Brasil é quando os amantes da modalidade conseguem acompanhar e os curiosos conhecem mais sobre o vôlei, que sempre figura entre as grandes conquistas para o País em disputas internacionais, mas ainda não angaria investimentos e atenção suficiente para alavancar localmente.