Evangelho de hoje (Jo 19,31-37)

Ao se aproximarem de Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; mas um soldado abriu-lhe o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.

Era o dia da preparação para a Páscoa. Os judeus queriam evitar que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque aquele sábado era dia de festa solene. Então pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas aos crucificados e os tirasse da cruz. Os soldados foram e quebraram as pernas de um e depois do outro que foram crucificados com Jesus. Ao se aproximarem de Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; mas um soldado abriu-lhe o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água. Aquele que viu, dá testemunho e seu testemunho é verdadeiro; e ele sabe que fala a verdade, para que vós também acrediteis. Isso aconteceu para que se cumprisse a Escritura, que diz: 'Não quebrarão nenhum dos seus ossos'. E outra Escritura ainda diz: 'Olharão para aquele que transpassaram'.  

Reflexão - “O sangue da redenção e a água da salvação!”

São João relata o momento em que Jesus teve o seu lado transpassado por uma lança, de onde saíram sangue e água. O sangue e a água que saíram pelo corte que a lança causou têm um significado tremendo para as nossas vidas.  "Pois do lado de Cristo dormindo na Cruz é que nasceu o admirável sacramento de toda a Igreja." Da mesma forma que Eva foi formada do lado de Adão adormecido, assim a Igreja nasceu do coração traspassado de Cristo morto na Cruz. (Site da Comunidade Canção Nova) Esta água e este sangue são símbolos do Batismo e da Eucaristia. Foi a partir destes dois sacramentos, que nasceu a Santa Igreja, pelo banho da regeneração e pela renovação no Espírito Santo, isto é, pelo Batismo e pela Eucaristia que brotaram do lado de Cristo. Pois Cristo formou a Igreja de seu lado traspassado, assim como do lado de Adão foi formada Eva, sua esposa. É o sangue da redenção e a água da salvação. O sangue é sinal de vida, a vida de Jesus que se entregou por nós; a água é sinal do Espírito Santo que recebemos no nosso Batismo. É a própria vida de Jesus que agora, como em uma nova criação se derrama sobre nós. O Batismo e a Eucaristia são sacramentos que nos fazem participar da vida de Jesus.  – Você crê que o sangue de Jesus tem poder para santificar e purificar os nossos pecados? – Você tem se apossado da nova vida que Jesus lhe concedeu ao derramar o Seu Sangue na Cruz? – Você tem vivido na graça que recebeu no Batismo, o Espírito Santo ou tem se esforçado, sozinho (a)?  

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO

 

 

 



Assuntos Relacionados