Ceará e Fortaleza quebram tabus históricos em rodada perfeita do futebol cearense

Últimos campeões da Copa do Nordeste, equipes lideram grupos do torneio regional

Foto recortada com comemorações de jogadores de Ceará e Fortaleza
Legenda: Ceará e Fortaleza lideram grupos A e B, respectivamente, da Copa do Nordeste de 2021
Foto: Fausto Filho (CSC) / Thiago Gadelha (SVM)

O futebol cearense protagonizou uma rodada perfeita na Copa do Nordeste. Em clássicos regionais neste sábado (3), Ceará e Fortaleza conquistaram vitórias, quebraram tabus históricos e ainda assumiram a liderança dos respectivos grupos do torneio. As vítimas do processo: Sport e Bahia.

Os adversários são importantes na compreensão dos resultados. As quatro equipes, juntas, são as únicas nordestinas na Série A do Brasileiro. No aspecto histórico, inclusive, rivalidades com vantagens aos distantes da terra alencarina.

Por isso, a goleada alvinegra na Ilha do Retiro é marcante. O placar (4x0) talvez externe o nível dos elencos,  mas reforça acima de tudo a maturação do trabalho de Guto Ferreira. No fim, dizimou um jejum de 27 anos sem triunfos no estádio pernambucano.

Pelo lado leonino, superar os baianos (2x1) foi mais que um resultado, teve performance. Em construção e necessitando de melhores apresentações, o Leão foi melhor no geral e venceu o oponente pela primeira vez na competição.

No apogeu cearense, com anos consecutivos na 1ª divisão, as equipes conseguem derrubar paradigmas e se fortalecem. O Fortaleza já está nas quartas, o Ceará caminha, e ambos são os últimos campeões da Copa do Nordeste: os capítulos futuros podem sacramentar a hegemonia.