Relógio inteligente Xiaomi Mi Watch chega ao Brasil por quase R$ 2 mil

Wereable permite configurar até 117 exercícios diferentes, acompanhar a frequência cardíaca e monitorar o sono do usuário, mas preço assusta

Xiaomi Mi Watch tem muitas funções interessantes, bateria com promessa de longa vida, mas preço é surreal
Legenda: Xiaomi Mi Watch tem muitas funções interessantes, bateria com promessa de longa vida, mas preço é surreal
Foto: Xiaomi/DIvulgação

Um dos principais movimentos em ascendência no Brasil é a preocupação das pessoas com o cuidado com a saúde. Apostando nesse público e nos entusiastas pelo mundo fitness, a Xiaomi apresenta no Brasil o relógio inteligente Mi Watch. Pesando apenas 32g, o gadget traz 117 modos de exercícios disponíveis, possibilidade de acompanhamento da frequência cardíaca, controle por meio de comando de voz, além de tela grande 1.39” AMOLED e bateria de longa duração. A novidade já pode ser encontrada no site oficial da marca e nas lojas físicas, localizadas nos shoppings Ibirapuera e Center Norte, em São Paulo. O preço assusta: R$ 1.999,99 no site oficial da loja. Este valor muito tem relação com o dólar que, hoje, está em R$ 5,39, um absurdo. Logicamente, outros fatores estão embutidos nos quase R$ 2 mil cobrados pelo smartwatch como lucro, impostos nacionais etc. Não duvido que o equipamento deve ser muito bom, mas, para nossa realidade e atual conjuntura, torna-se algo proibitivo. Tão quanto os Apple Watches.

O Mi Watch suporta até 117 exercícios esportivos diferentes, com alguns já incluídos, como natação, corrida de rua, esteira, yoga, corda e ciclismo. Um conjunto de sensores trabalha para identificar as mais variadas atividades, interpretando o ritmo, intensidade e repetição de movimentos necessários para uma boa performance no exercício, com monitoramento em tempo real da frequência cardíaca. Os praticantes de atividades ao ar livre também podem ficar despreocupados quanto a eventuais problemas, pois o smartwatch conta com proteção contra água 5 ATM, GPS, bússola geomagnética e detecção de elevação do ar e pressão.

Para o usuário que deseja ter um mapeamento geral sobre o status clínico, o Mi Watch permite o monitoramento da frequência cardíaca 24 horas por dia, detecção e monitoramento do sono, contagem de passos, apresenta timers, cronômetro, alarmes e detecção dentro do aplicativo Mi Wear, que realiza a análise dos dados e entrega um relatório minucioso sobre a saúde e o bem-estar do usuário.

Os dados e notificações são exibidos em uma tela amoled de 1.39" sensível ao toque e com a possibilidade de navegar de maneira intuitiva por todas as funções do relógio e acessar notificações e mensagens ou até mesmo tirar fotos, por meio do smartphone que está parelhado ao gadget. Característico da Xiaomi, o Mi Watch também é totalmente customizável e possui mais de 100 watchfaces pré-configuradas, além de possibilitar ao usuário a criação e aplicação das imagens desejadas.

A promessa da Xiaomi é que o wereable tenha bateria de longa duração, com a possibilidade de uso contínuo de até 16 dias, em média, variando de acordo com a intensidade de utilização. O carregamento demanda 2 horas para a conclusão.