Luan Santana publica 'textão' sobre término com Jade: "Choramos tanto", declarou o sertanejo

Cantor revelou momentos íntimos com ex-companheira

Luan Santana postou com jade em passeio por Portugal
Legenda: Luan Santana postou com jade em passeio por Portugal
Foto: Reprodução/Instagram

O cantor Luan Santana publicou um 'textão' no Instagram, na noite desta segunda-feira (19), para falar sobre o fim do relacionamento com Jade Magalhães. O sertanejo narrou como ele conheceu a ex-companheira, momentos de romance do-casal e confirmou o término do relacionamento.

"Há algumas semanas atrás terminamos. Choramos tanto que parecia que ia acabar o estoque de lágrimas dos olhos. Nos abraçamos tanto que parecia que ia dar câimbra nos cotovelos. Mas no fim, deixamos o destino fazer o trabalho dele", declarou Luan Santana.

O sertanejo contou detalhes de quando conheceu Jade em um show. "Ela topou dançar comigo, em um número do meu show. Tinha um jeitinho tímido, olhar de menina e cabelos longos e negros que chegavam na cintura. Vestia uma blusa vermelha e um jeans colado que me causou um formigamento estranho nas mãos. E então, aconteceu algo enquanto dançávamos: senti cheiro de vida no pescoço dela".

> Veja mais notícias sobre forró e sertanejo

Na publicação no Instagram, o cantor revelou o primeiro "não" que levou de Jade. "Mas não era a época certa para interpretá-lo, afinal, eu era um adolescente começando a viver as maravilhas de uma fama estrondosa e repentina. Meu primeiro pensamento foi: “quero levar ela pro hotel depois do show.” Foi isso que pensei, foi isso que eu falei no ouvido dela. A resposta foi um “não” desses bem grandes - até porque eu tremi o lábio um pouco quando fiz a pergunta, e devo ter passado insegurança pra ela. Ou ela simplesmente me achou parecido com uma lombriga. É, deve ter sido isso. Mas eu tava bem, ela também e a vida seguiu".

Por fim, o cantor falou sobre os sentimentos após a separação. "Hoje, sentado nesse sofá listrado, olhando a lua pela janela, do outro lado do oceano, vejo que as lágrimas daquele momento eram metade tristeza, metade gratidão recíproca por uma história linda que vivemos. Épica. Agora vejo que os abraços daquela hora não estavam dizendo 'adeus', e sim 'vai ficar tudo bem, ga'. E vai". 

Ouça o podcast "É Hit", com João Lima Neto:

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos do É Hit