Não é o futebol desejado

Confira a coluna desta terça-feira (9) do comentarista Wilton Bezerra

Sequência de chuteiras disputando uma bola
Legenda: O futebol é o principal esporte praticado no Brasil
Foto: CBF

O futebol brasileiro devia ter comparecido a Glasgow e assinar algum acordo visando melhorar a qualidade do que se joga aqui.

Dando uma olhada em jogos de todas as divisões salva-se pouca coisa.

Até na Série A, onde não falta dinheiro mal administrado, o chafurdo é grande.

Durante os jogos toda hora é falta, pênalti e simulações ao gosto da patuleia.

Olha-se mais para o árbitro do que para a bola rolando.

Cartões comem solto até para quem está no banco de reservas

Nas modificações respeitem o chafurdo.

Fora de campo o fundo musical providenciado pela CBF é brega com sofrência, infidelidades e assédio, muito assédio.

O calendário de 2022 já está pronto, como sempre a 10 passos de quebrar a vitrine.

Também pudera.

Os atores são os mesmos.