Sexo oral é uma prática de perder o juízo; veja dicas para o prazer de homens e mulheres

Deixe toda a vergonha de lado e sinta, com a boca, o que der vontade. Lambuze! Toque! Quanto mais entregue, mais provocante e sensual será o sexo

Legenda: Divirta-se, porque o “play” só serve para quem sabe brincar
Foto: Paulik/ Shutterstock

O sexo oral é uma atividade sexual, onde as ferramentas são: uso da boca, lábios e/ou língua para estimular o pênis, ou a vagina, ou a vulva ou o ânus do parceiro sexual em busca de prazer.

É difícil encontrar alguém que não curta o sexo oral. Normalmente, ele vem como preliminares do ato sexual, mas pode ser adotado em vários instantes durante a transa. É um “troço” bom demais, que gera umas borboletas na barriga.

Na minha humilde opinião, para que haja essa troca de prazer, tem que haver vontade, desejo e um parceiro (a) bem sintonizado. E vou além: quanto mais intimidade o casal tiver, mais gostoso fica, porque as descobertas associadas com um coração de bate acelerado e faz as mãos suarem, são explosivas!

Hoje, vou dizer o que acho importante no sexo oral:

Prazer para a mulher 

Foto: Kaspars Grinvalds/ Shutterstock

  1. Encontre o clitóris, porque é a parte mais sensível da vulva e é lá que a mulher chega ao orgasmo mais facilmente! Esse é caminho da felicidade para a mulher, portanto, busque até encontrar.
     
  2. Até chegar lá, as mulheres têm áreas mais sensíveis que podem ir tornando a brincadeira mais envolvente. Mostre desejo e beije, lamba, sinta o cheiro em áreas que geram estímulos, tais como: nos seios, no pescoço, entre as coxas etc. O importante é que a sua boca revele o seu desejo por aquele corpo.
     
  3. Não tenha pressa! O começo de tudo pede olho no olho, movimentos mais suaves e toques mais sentidos até chegar na excitação. 
     
  4. Os movimentos são importantes serem percebido. Use a língua e perceba que a parceira gosta de movimentos circulares, laterais ou em formato de 8. Entendido os movimentos, mantenha o ritmo. A mulher vai dar os sinais com gemidos e gestos. Fique e não pare sua língua em momento algum!!!
     
  5.  O beijo é onde tudo começa e leva a imaginação para a estratosfera! Até tem o tal do beijo grego que é uma voltinha pelo ânus, porém muitas mulheres não gostam e, portanto, deverá haver consentimento. 
     
  6.  O toque com as mãos, dedos e penetração da língua podem e devem ser usados ao mesmo tempo, mas a mulher tem que estar excitada e bem lubrificada! ar muito excitada. A língua na vagina, na boa, não faz a gente sentir nada. 
     
  7.  A vagina tem cheiro de sexo e, não, de sabonete. Portanto, quem gosta daquilo que está fazendo, entrega-se ao imaginário. São os sabores das descobertas.

Prazer para o homem 

Foto: ECOSY/ Shutterstock
 

         1. É dando que se recebe! Então, gente, vamos mostrar entusiasmo para os parceiros, também! É importante demonstrar o seu desejo, olhar no olho com vontade, fazer perguntas para agradar e mostrar-se excitada;

        2. Fazer sexo oral não quer dizer que serão só a sua boca e língua que farão todos os movimentos. Use as mãos! Lá vai a dica:

  • Pegue no pênis e, em seguida, use a boca.
  •  Faça um “O” com os dedos de deixe-os entre o pênis e a boca;
  •  O movimento da mão de dos lábios são sincronizados para cima e para baixo do pênis;
  • Outra ideia é usar o Wrist Twist: com a boca no pênis, gire o pulso firme no sentido horário enquanto move a mão para cima e para baixo.
  • Aperte, quando for possível, o saco.

       3. Deixe a boca em formato de peixinho, saliva na boca, língua macia e solta. A língua é fonte de calor, tem a textura e a umidade que ele não consegue sentir de outras formas. Use a língua para lamber o frênulo (cabeça do pênis) que é um ponto bem estratégico, cheinho de terminações nervosas e que deixa o parceiro doidinho.

     4. A garganta profunda (o membro vai até a garganta) é, sem dúvida, uma habilidade avançada. É uma sensação incrível para ele, já que a garganta é mais apertada do que a boca e garante um visual para o homem inesquecível. Porém, cuidado para não se engasgar. Só faça isso se souber respirar bem para não ficar sufocada.

     5. Os toques na região anal devem ser acordados, já que muitos homens não gostam de ter o dedinho passeando por ali. Se der certo, é hora de chegar no “ponto G” do homem!

Coloque um ou dois dedos no períneo – área entre o escroto e o ânus. É lá onde está a próstata.

Ops! O combo perfeito é boca na cabeça do pênis, mão no períneo e, a outra mão, nas bolas.

No virtual, também, pode ter sexo oral

Tudo vem da cabeça. A imaginação e o desejo comandam tudo. Portanto, o casal pode ir iniciando essas preliminares virtualmente. É gostoso, mas nada substitui o presencial.

Tenho que dar “aquele” sinal de alerta, senão não seria eu! Muitas vezes, no sexo oral pode rolar ou não a ingestão de sêmen ou secreção vaginal. O risco de transmissão de doenças aumenta, consideravelmente, incluindo as chances de câncer de garganta.

Tudo pronto?

Se você está pronta, então, experimente com seu (sua) parceiro (a).

Divirta-se, porque o “play” só serve para quem sabe brincar! 

*Esse texto reflete, exclusivamente, a opinião da autora



ÚLTIMAS HORAS PARA GARANTIR SUA ASSINATURA ANUAL COM 50% DE DESCONTO

Tenha acesso ilimitado a conteúdos exclusivos!

Análises de especialistas, coberturas sobre esporte, política, economia e muito mais.

ASSINE JÁ