dataLayer = [{ 'Assinante': 'Não' }];

Reconstrução que dá certo

Legenda: A engenheira civil Gladys Franciss e seu novo propósito de engenharia hospitalar
Foto: divulgação

Reconstruir com Segurança e Colaboração de toda a equipe de Engenharia e Arquitetura foi algo que ressignificou os dias de Gladys em 2020 como Engenheira Civil depois de 31 anos de formada.

Foi vivenciando “dias de guerra” que a Engenheira Civil Gladys Franciss Tamietti, Coordenadora da Área de Engenharia e Arquitetura de toda Unimed Fortaleza e do Hospital desde 2004, teve sua vida ressignificada.

Sempre acreditando que ninguém faz nada sozinha, para Gladys a construção sempre foi um percurso longo que só seria possível quando estabelecido com parcerias sólidas. Trocadilhos a parte, na Engenharia Civil, não poderia ser diferente... e assim, nesses anos de profissão, com seu sorriso largo, ela vem deixando sua marca por onde passa, afinal, a engenharia hospitalar criou um outro propósito na vida dessa mulher.

Gladys é daquelas mulheres que colocam amor, dedicação e propósito em tudo que faz. Sua equipe, hoje, é formada, em sua grande maioria, por mulheres. “Carregam uma mesa na cabeça se preciso for”, comenta e acrescenta: “são todas “pau para toda obra”” destacadas pelos seus capacetes cor de rosa para animar os corredores.

Legenda: Equipe formada por mulheres de capacete rosa
Foto: reprodução

Além da construção de Hospitais de Campanha, Gladys e toda sua Equipe de engenharia e arquitetura foram responsáveis pela ampliação de muitos leitos de UTI. Ressalta que “a cada dia que passa aprendo que temos que nos desafiarmos, dia após dia, e, somente dessa forma, conseguiremos exercer com maestria o nosso mister onde quer que estejamos.”.

Com um olhar singular, Gladys finaliza dizendo: “depois que tudo isso que estamos vivendo passar, estou certa de que o Covid-19 terá nos mostrado algo muito importante que devemos guardar para sempre: sejamos resilientes para aceitar o que não podemos mudar e que diante do caos ressignifiquemos esse novo pois, certamente, o mundo não será exatamente como era antes e caberá a nós acreditar que o mundo terá mudado para melhor.”

Falou e disse a construtora que se reconstruiu.

  • EXPOSIÇÃO SEDA DE FERRAGAMO 

Legenda: A exposição Silk está online desde 25 de abril, e tem curadoria de Stefania Ricci.
Foto: reprodução

O objetivo do grande Salvatore Ferragamo era transformar sua marca em uma casa de moda que vestisse as mulheres dos pés à cabeça, o que só se tornou realidade após sua morte. Fúlvia Ferragamo, uma das filhas do estilista, no início dos anos setenta, iniciou uma produção contínua de acessórios de seda, caracterizada por estampas feitas em Como (Itália) com temas decorativos exclusivos, especialmente com animais exóticos formando um patchwork com flores que era uma das suas paixões. É um mundo criativo com referências infinitas de inspiração: da arte oriental às pinturas do século XX.

Esse material imenso, com mais de mil volumes preservados no Arquivo Salvatore Ferragamo, constitui uma forma particular de elaboração de ideias chamado de fil rouge (curatorial da montagem e de todo o itinerário expositivo), onde os tecidos estampados, as gravatas ou os lenços combinam com as fontes de inspiração de cada motivo: livros ou pinturas, vasos ou esculturas, todos provenientes de museus ou coleções públicas e combinados com desenhos preparatórios e testes de cores.

Um grande quarto de maravilhas que significa o quanto a aparente simplicidade dessas estampas de seda esconde uma grande complexidade conceitual e de produção, como num passe de mágica. Toda essa história foi contada a SiSi pela Guia Oficial de Florença, a cearense Padrya Bucar. 
Visite: https://www.ferragamo.com/museo/en 

  • ALIADO DAS MULHERES 

Legenda: O mercado de cosméticos possui variados tipos de lubrificantes com diversas bases: água, silicone (pode romper preservativo), com aroma, com sabor (ice, hot etc), além das soluções caseiras: óleo de coco ou azeite
Foto: Reprodução

Acabou aquela história que lubrificante é recomendado para mulheres idosas e para mulheres que a lubrificação vaginal não é o suficiente para o sexo. Lubrifique! Uma mulher bem lubrificada melhorar o prazer durante a penetração, facilita o orgasmo, prolonga o ato sexual, evitar que o preservativo se rompa durante o sexo, previne contra a DSTs e infecção urinária, além de outras coisinhas mais que você pode descobrir. 

  • NOTAS:

VIDA QUE CRESCE

Bruna Waleska compartilhou mais um momento do crescimento de Francisco.   

VIDA QUE SEGUE

Os primos Gustavo Serpa e Paulo José fizeram uma linda serenata, no último domingo, para a avó Maria Alice que completava 100 anos e, poucas horas depois, partiu para um novo lar.  

SOLIDARIEDADE

Tania Leitão distribuindo doces de leite do bem, porque cada pote presenteado é uma cesta básica doada nessa Páscoa. 



Assuntos Relacionados