Domingos Neto reúne 20 empresários com ministro Rogério Marinho

O ministro expôs, para atentos e silentes empresários – todos usando máscaras de proteção contra o coronavírus – o que o governo do presidente Bolsonaro pretende, por intermédio do seu ministério, executar no Nordeste.

Domingos Neto, deputado federal pelo PSD do Ceará, mostrou sua força política na noite de quinta-feira, 25.

Ele reuniu em um jantar, na residência de seu pai, o ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Domingos Filho, 20 empresários da indústria e da agropecuária.

No centro das atenções, ninguém menos do que o ministro do Desenvolvimento Regional, o potiguar Rogério Marinho, que foi talvez o principal responsável pela aprovação da Reforma da Previdência e pela conclusão do Canal Norte do Projeto São Francisco de Integração de Bacias, cujas águas chegaram nesta sexta-feira ao Ceará, após mais de um século de espera.

Estiveram presentes ao jantar, entre outros, o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante; o presidente da Federação da Agricultura (Faec), Flávio Sabóya; os empresários Cristiano Maia, maior criador de camarão do País e controlador do grupo Samaria; Tom Prado, CEO da Itaueira Agropecuária; Luís Roberto Barcelos, presidente da Abrafrutas e CEO da Agrícola Famosa; Patriolino Dias, presidente do Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon); David Girão, sócio e diretor do grupo Betânia Lácteos; André Montenegro, ex-presidente do Sinduscon-Ceará, e o presidente do BNB, Romildo Rolim.

O ministro Rogério Marinho expôs, para atentos e silentes empresários – todos usando máscaras de proteção contra o coronavírus – o que o governo do presidente Bolsonaro pretende, por intermédio do seu ministério, executar no Nordeste.

“Estamos dando continuidade aos projetos e programas que vinham sendo executados quando o governo Bolsonaro se instalou. O setor de recursos hídricos é prioridade”, disse ele, dando ênfase às liberações de recursos para o Eixão das Águas, tocado pelo governo do Ceará, segundo contou a esta coluna um dos empresários presentes ao jantar.

A mesma fonte informou que Rogério Marinho deixou nos presentes ao jantar “a impressão de um homem qualificado do ponto de vista intelectual, de íntimo conhecedor dos problemas do País, principalmente os do Nordeste, com habilidade para transitar nos diferentes corredores da política nacional e, ainda, com a discrição que se exige de um ator dessa cena”.

Outra fonte que participou do jantar, no qual quase todos os comensais beberam água mineral e suco, revelou um detalhe: o empresário Luís Roberto Barcelos tem mesmo estreita relação com o ministro Rogério Marinho. Sua empresa, a Agrícola Famosa, tem fazenda de produção de melão em Mossoró, no Rio Grande do Norte, onde Marinho tem sua base política.

 



Categorias Relacionadas