Rick cresce no Ceará e pede mais espaço no time com artilharia na Série A; veja números

Revelado na base alvinegra, atacante é um dos protagonistas do clube em 2021

Rick em ação pelo Ceará na Série A
Legenda: Rick é um dos destaques do Ceará na Série A de 2021 com quatro gols marcados
Foto: Felipe Santos / CSC

O atacante Rick é o artilheiro do Ceará na Série A do Brasileiro de 2021. Formado na base alvinegra, o atleta soma quatro gols em 11 rodadas. Com 21 anos e sem o status de titular, se tornou o protagonista ofensivo alvinegro e balançou as redes em quatro partidas: Grêmio, Cuiabá, Fortaleza e Corinthians.

Nos três primeiros jogos, teve participação na pontuação, seja ampliando o placar ou empatando. Dentre os extremos, apesar de ficar somente 44 minutos em campo (por média), lidera o número de dribles realizados (23) e a precisão dos passes (87,05%).

Artilheiros do Ceará na Série A:

  • Rick: 4
  • Cléber: 2
  • Gabriel Lacerda: 2
  • Jorginho: 2
  • Lima: 2
  • Jael: 1
  • Kelvyn: 1
  • Vina: 1
  • Wendson: 1

 

Por isso, o destaque é pela característica agressiva oferecida. Rápido e forte no 1x1, tem a capacidade individual como trunfo, apesar da necessidade de aprimorar a última definição do lance.

Rick entre os atacantes do Ceará na Série A (SofaScore):

  • 1º - Gols (4)
  • 1º - Dribles realizados (23)
  • 1º - Acerto no passe (87,05%)
  • 5º - Finalizações (17)
  • 4º - Disputas de bola vencida (51)

 

A ausência da melhor forma dos principais nomes do clube também permite a valorização. No sistema 4-2-3-1, Rick agrega a profundidade, aspecto desejado com a chegada de Erick e Airton.

No Brasileirão, o Ceará deve ser um time mais criativo - em equilíbrio buscado para a solidez defensiva existente. No entanto, Rick pede espaço e maior minutagem diante da concorrência atual.

Números de Rick na Série A de 2021 (SofaScore):

  • Jogos: 11
  • Gols: 4
  • Minutos por jogo (média): 44
  • Finalizações por jogo (média): 1,5
  • Toques (média): 26
  • Eficiência dos passes por jogo: 87%
  • Dribles bem sucedidos: 2,1 (79%)
  • Disputas de bola vencidas (média): 4,6 (49%)
  • Duelos no chão ganhos (média): 4 (52%)