Um exemplo do basquete para te falar sobre escolhas

Jogador de basquete Thiago Mathias com uma bola na mão, olhando para a cesta
Legenda: O gigante gaúcho Thiago Mathias é agora o principal/maior reboteiro do NBB 20/21
Foto: Luisa Xavier / FortalezaBC

Quando temos que fazer escolhas, muitas vezes, inúmeras possibilidades se apresentam. Precisamos ser assertivos ao fazermos nossas opções e analisar, dentro de determinado cenário, as alternativas que podem ser boas e eliminar outras para, assim, tomar a melhor decisão.

Para simplificar a vida, é aconselhável coordenar ideias e tarefas, eliminar algumas atividades sem sentido e buscar sempre algo que seja relevante para o dia a dia.

Até pouco tempo, tentei de todas as maneiras transformar, motivar e direcionar um atleta do Fortaleza Basquete Cearense, para torná-lo o pilar de minha equipe, mas o que almejei e planejei acabou não acontecendo. Procrastinei para entender que não poderia mais contar com ele. Isso desencadeou fatos desagradáveis e momentos de desencanto em mim e na equipe.

O jogador decidiu se desligar da equipe. Isso aconteceu no meio da fase de classificação na competição do NBB. Na pré-temporada, escolhemos dois pivôs, mas um não correspondeu à oportunidade que lhe foi dada e saiu no meio do caminho. Já o outro pivô, Thiago Mathias, agarrou a chance de ser o principal pivô do time com unhas e dentes, ou melhor, com braços, punhos, pernas e cabeça.

Thiago Mathias brilha na nossa equipe com seu esforço e dedicação extraordinários, soube aproveitar a chance que lhe foi dada, não só preencheu uma lacuna, como se superou; é um ser muito humano, entendeu bem o seu papel e se entregou totalmente ao trabalho. Ele está além das nossas expectativas, faz um trabalho incrível nos garrafões e se relaciona muito bem o time todo. 

O crescimento e aperfeiçoamento da técnica individual do Thiago é uma bênção para ele e para o time, assumiu e conquistou o espaço que se abriu para ele.

O gigante gaúcho Thiago Mathias é agora o principal/maior reboteiro do NBB 20/21, ele dá engrenagem ao nosso trabalho coletivo e faz o time jogar melhor.

A liberdade e o tempo que dedicamos para fazer escolhas são responsáveis pela sinergia que acontece atual da nossa equipe.

É preciso estabelecer limites e respeitar às regras.

A liberdade, a simplicidade e a retidão da nossa equipe nos levam a um alto patamar na competição, jogamos de forma equitativa no NBB.

Thiago Mathias e nós do time sabemos que o caminho é cheio de obstáculos, mas as vitórias, a superação, tanto na quadra como fora dela, nos faz avançar cada dia um pouco mais. Dessa forma, quando formos disputar partidas decisivas estaremos preparados para converter mais cestas e buscar vitórias, com humildade e muita garra.

Espero que possamos ser um exemplo para aqueles que desejam ter uma vida mais saudável, que possam fazer escolhas de forma criteriosa e possam contar com as pessoas certas nos momentos certos.

Não posso deixar de comentar sobre o episódio de xingamento preconceituoso sofrido por Thiago Mathias na partida de domingo passado por um jogador do time adversário. Repudiamos qualquer tipo de preconceito e agressão. Viva as diferenças e a liberdade de escolhas!

*Esse texto reflete, exclusivamente, a opinião do autor.