Com brilho de Messi e Mbappé, PSG vence o RB Leipzig e lidera o Grupo A da Champions League

Convidado de honra, Ronaldinho Gaúcho esteve no Parque dos Príncipes e deu um abraço no craque argentino

Legenda: PSG vence mais uma na Champions Legue e lidera o Grupo A
Foto: Divulgação/PSG

Sob o comando de Lionel Messi e grande atuação de Mbappé, o Paris Saint-Germain venceu o RB Leipzig por 3 a 2 nesta terça-feira (19), no Parque dos Príncipes. Com a vitória, o PSG assumiu a liderança do Grupo A da UEFA Champions League, com 7 pontos, um a mais que o segundo colocado Manchester City. Os alemães seguem só com derrotas, mas mostraram um futebol interessante e venderam caro a derrota.

Neymar foi o grande desfalque do PSG, por causa de problema muscular. Sem o astro da seleção de Tite, coube ao brasileiro Ronaldinho chamar a atenção. Convidado de honra, o ex-atacante do clube foi ovacionado pela torcida no Parque dos Príncipes. Sempre sorridente, acompanhou o aquecimento de perto, deu volta olímpica, não desgrudou do amigo Messi e ficou nas tribunas torcendo por um triunfo do ex-clube.

O jogo

O PSG sofreu nos minutos iniciais com uma postura atrevida do Leipzig, até então sem pontos na Liga dos Campeões. Herói na vitória por 2 a 0 sobre o Manchester City ao fechar o gol e segurar o ataque dos ingleses na rodada passada, desta vez Donnarumma iniciou na reserva. Do banco, viu Keylor Navas fechar o gol no início com três belas defesas em sete minutos.

O Leipzig adotou uma tática suicida de partir para cima dos franceses no Parque dos Príncipes. Deixou espaços e logo aos oito minutos pagou caro pela ousadia. Contra-ataque em alta velocidade e a bola caiu nos pés de Mbappé, que tirou do marcador e bateu no contrapé do goleiro para fazer 1 a 0. Gol dedicado à família, nas tribunas do estádio.

O técnico Jesse Marsch havia prometido forte marcação nas estrelas do PSG e não cumpriu. O time francês tinha muito espaço para criar as jogadas ofensivas e toda hora aparecia na frente no mano a mano. Com o resultado negativo parcial, o Leipzig seguia com personalidade, no ataque, pressionando.

Marquinhos apareceu bem para salvar nova chance perigosa. Mandou a escanteio. Nada pôde fazer em outra bela trama ofensiva dos alemães que terminou com cruzamento cruzado de Angelino e gol de André Silva. Navas esbravejou muito com o time.

Com o empate, os alemães melhoraram a marcação e não desistiram da ousadia ofensiva. Sempre explorando as laterais, calaram o Parque dos Príncipes no começo do segundo tempo. Novo cruzamento de Angelino e Mukiele apareceu para virar o marcador.

Empate

Mas Messi não queria decepcionar o voto de confiança do amigo Ronaldinho. Em roubada de bola, Mbappé recebeu e rolou para trás O argentino viu o goleiro desviar seu chute para a trave, mas ele apareceu livre para empurrar às redes e garantir o 2 a 2. Faltavam 23 minutos para os franceses melhorarem a postura na defesa e buscar a vitória na frente.

Em apenas cinco, a grande chance. Mbappé driblou o zagueiro e foi derrubado na área. O frances deu a bola para Messi. Com bela cavadinha, o argentino recolocou o PSG na frente. No minuto final, após revisão do VAR, novo pênalti para o PSG. Mbappé, que havia dado a bola para Messi no terceiro gol, desta vez assumiu a cobrança, mas isolou. A festa, porém, já estava garantida.

Ronaldinho acompanhou

Presença ilustre no Parque dos Príncipes, Ronaldinho Gaúcho foi o convidado de honra do Paris Saint-Germain para o jogo. Acompanhou o aquecimento do clube francês e deu um caloroso abraço na amigo, desejando boa sorte contra os alemães. O carinho antes de a bola rolar foi uma premonição. O argentino anotou duas vezes e garantiu a sofrida vitória por 3 a 2 em jogo com duas viradas.

Veja como foi o jogo

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados