Editorial: Um novo momento