Twitter vai banir contas que publicarem cinco ou mais informações falsas sobre a Covid-19

Desde dezembro, a rede social que já removeu mais de 8.400 tuítes e já notificou 11.5 milhões de contas

Twitter
Legenda: Medidas são parte de sistema de segurança contra desinformação sobre a Covid
Foto: Reprodução

A rede social Twitter atualizou, nesta segunda-feira (1º), as regras sobre informações falsas relativas à Covid-19 na plataforma. Usuários que publicarem desinformação sobre o assunto cinco ou mais vezes serão banidos permanentemente da plataforma. 

As penalidades aplicadas serão progressivas. À medida que a pessoa desrespeita a política, as regras vão ficando mais duras.

Quando isso ocorrer, a conta será notificada diretamente. No caso de apenas uma violação, o usuário não sofre nenhuma sanção, apenas tem o tuíte marcado como sendo informação falsa na plataforma. 

Veja as regras de violação:

  • Uma violação: Não será realizada nenhuma ação na conta (apenas a marcação do tuíte)
  • Duas violações: 12 horas de bloqueio
  • Três violações: 12 horas de bloqueio
  • Quatro violações: 7 dias de bloqueio
  • Cinco ou mais violações: Suspensão permanente

"Por meio do sistema de violação, nós esperamos educar as pessoas sobre o porquê certos conteúdos quebram nossas regras, para que elas tenham oportunidade de considerar seu comportamento e o impacto no público", diz o Twitter. 

Medidas são parte de sistema de segurança contra desinformação sobre a Covid implantado em dezembro na rede social. Desde que essa política foi iniciada, o Twitter já removeu mais de 8.400 tuítes e já notificou 11.5 milhões de contas.