Futebol cearense no âmbito internacional

Os times locais já fizeram várias excursões ao exterior em décadas passadas, mas a experiência no âmbito internacional é mínima. Desta feita, o Ceará realizará três jogos oficiais pela Sul-Americana

Fortaleza x Independiente
Legenda: No ano passado, ficou o sentimento de frustração do Fortaleza com a classificação do Independiente, na Arena Castelão, no fim do jogo
Foto: Thiago Gadelha

Lá vamos nós. A Sul-Americana outra vez. Em 2020, o Fortaleza quase avançou diante do Independiente da Argentina. Aquele gol miserável, gol contra de Bruno Melo, já nos acréscimos, foi castigo. O Leão injustamente ficou ali. O Ceará agora entra na fase de grupos. Tem três jogos internacionais garantidos. Mais visibilidade lá fora. Entretanto, para passar à outra fase, terá de ser o primeiro do grupo. Que busque seu objetivo. A experiência do futebol cearense no âmbito internacional é mínima. A rigor, a maior de todas foi a do Fortaleza diante do Independiente da Argentina. Antes disso, na década de 1960, ocorreram amistosos internacionais do Fortaleza em Paramaribo, capital do Suriname. Lá o Leão ganhou do Leo Victor (1 x 4), do Robin Hood (1 x 3) e perdeu para a Seleção do Suriname (1 x 0). Há notícias de excursões do América-CE, que visitou vários países da América Central. Na época, décadas de 1980 e 1990, o Mequinha era presidido pelo jornalista e empresário Alberto Damasceno. Faltam dados precisos sobre tais temporadas. Até hoje nenhum time cearense atuou na Europa. Pelo menos, não é do meu conhecimento. Um dia certamente chegaremos lá.    

Olha ele aí 

Nenhuma surpresa para mim o golaço que Yago Pikachu marcou, dando a vitória do Fortaleza diante do Ypiranga. Ele pode oferecer muito mais. Acompanhei toda a trajetória dele no Vasco. Versátil. Tem a lateral-direita como referência, mas joga na frente com desenvoltura. Pode dar muitas alegrias ao Leão. 

Comparação 

Comete um equívoco quem faz análise comparativa entre o Fortaleza que venceu o Bahia, produzindo futebol convincente, com o Fortaleza que, sem repetir o padrão, eliminou o Ypiranga. É difícil em três dias o time manter a intensidade. E mais: jogo eliminatório difere muito dos jogos classificatórios. 

Evolução 

Importante é que o Leão vai alcançando seus objetivos. Antes havia a preocupação porque confuso na proposta e na execução. Agora já se vê nitidamente o que o time quer. Contra o Ypiranga, controlou a situação e teve proposta definida. Sentiu as dificuldades naturais diante de uma forte marcação.  

Modismo 

Há modismos que me incomodam. Detesto o nome Arena com que passaram a chamar os estádios de futebol. Um tal de modelo Fifa. Mas alguns países resistiram. A Espanha manteve o nome Estádio no Santiago Bernabéu, no Camp Nou e nos demais. Na França, Stade de France. Na Inglaterra, Wembley Stadium. Aqui, Arena Castelão. Arena... Isso eu não aceito. Estádio Castelão, sim.  




ÚLTIMAS HORAS PARA GARANTIR SUA ASSINATURA ANUAL COM 50% DE DESCONTO

Tenha acesso ilimitado a conteúdos exclusivos!

Análises de especialistas, coberturas sobre esporte, política, economia e muito mais.

ASSINE JÁ