CGD deflagra operação contra policiais militares suspeitos de extorsão e formação de quadrilha

A operação aconteceu com apoio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e Polícia Militar do Ceará

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) deflagrou operação na manhã desta terça-feira (22) com objetivo de cumprir dois mandados de prisão e cinco de busca e apreensão. Os mandados foram expedidos pela Justiça Estadual do Ceará e tem como alvo policiais suspeitos de extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha.

A reportagem apurou que um dos um dos PMs alvo da operação já estava detido. Outro teria dito que irá se apresentar em breve ao Comando da Corporação. Não há informações sobre as identidades dos suspeitos.

Os mandados são desdobramento de uma abordagem realizada pela Controladoria em agosto do ano passado, quando um policial investigado por extorsão foi baleado no bairro Antônio Bezerra. O suspeito identificado como Francisco Thiago Gomes da Silva teria sido flagrado apontando arma para a cabeça de uma vítima.

Thiago é suspeito de cobrar R$ 100 mil reais a uma vítima, mediante ameaça de morte. Quando preso, ele já respondia a dois Conselhos de Disciplina referente a outros fatos, dentre eles homicídio, cujos processos se encontram na fase de instrução processual.

A Delegacia de Assuntos Internos (DAI) da CGD deu continuidade à investigação desde a prisão de Thiago. A CGD disse ter adotado providências na seara administrativa, com objetivo de apurar os fatos quando a transgressão disciplinar dos envolvidos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados