Tucano aparece em vantagem na avaliação do eleitor em Maracanaú

fotografia
Foto: Kid Junior

O deputado federal Roberto Pessoa (PSDB) seria eleito prefeito de Maracanaú, caso a votação no primeiro turno fosse hoje, aponta a projeção da pesquisa Ibope contratada pelo Diário do Nordeste. O favoritismo de Pessoa, prefeito por dois mandatos e liderança que controla o Executivo municipal há quase duas décadas, foi confirmada pelo levantamento, divulgado hoje com exclusividade pelo Diário do Nordeste.

Desde que anunciou que seria candidato, Pessoa era apontado como favorito ao cargo e chega à última semana de campanha, de acordo com os dados do Ibope, com 55% das intenções de voto, mais de 30 pontos percentuais de vantagem em relação ao segundo colocado, Júlio César Filho (Cidadania), o “Julinho líder do Camilo”, que tem 24%. 

Lideranças 

Pessoa mantém liderança consolidada, é aliado do atual prefeito, Firmo Camurça (PSDB), e ainda contou com uma “ajuda” que veio da oposição. A estratégia era fazer uma frente ampla envolvendo o Cidadania e o PT, do governador Camilo Santana, para que o chefe do Executivo pudesse entrar forte na campanha. As articulações, porém, fracassaram e os dois partidos acabaram saindo separados.

Cenário favorável

Além de liderar as intenções de voto, Roberto Pessoa tem uma das menores rejeições em relação aos concorrentes – com 23%. Seu adversário mais direto, Julinho lidera neste quesito, com 32%.

O cenário mostrado pelo levantamento do Ibope está favorável ao tucano em Maracanaú. É possível ainda haver mudança? Sim, é possível. É bom lembrar que pesquisa não é exercício de futurologia, mas sim um retrato da intenção do eleitorado em um determinado período de tempo. Os dados podem servir para um ajuste de estratégias das campanhas. De qualquer forma, os percentuais mostram uma diferença acentuada na disputa.

Em vantagem

No Crato, região do Cariri, o cenário apontado pela pesquisa Ibope, também contratada pelo Diário do Nordeste, aponta para uma vantagem folgada do atual prefeito, Zé Ailton Brasil (PT). Ele tem 44% das intenções de voto na reta final da campanha eleitoral. Em segundo lugar, há um empate técnico entre Doutor Aloísio (Pros), com 18%, e Arthur de Zé Adega (PSL), com 17%. 

No quesito rejeição, Arthur de Zé Adega tem 40%, enquanto Zé Ailton aparece com 35%. No município do Cariri, o atual gestor segue em vantagem neste início de última semana de campanha. Lá, temos apenas primeiro turno.