Aranhas 'gigantes' assustam moradores em bairro nobre de Belo Horizonte

Aracnídeos com quase 15 centímetros foi visto por moradores, inclusive dentro das casas

'Invasão' de aranhas gigantes assusta moradores em bairro nobre de Belo Horizonte
Legenda: Picada desse tipo de espécie pode levar a uma dor muito intensa e, por consequência, a quadros de desmaio, confusão mental, vômito ou taquicardia, explica biólogo
Foto: Arquivo pessoal/Moradores

Moradores do bairro Buritis, localizado na área nobre de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, ficaram assustados com o surgimento de aranhas "gigantes", de quase 15 centímetros, dentro de casa. As informações são do Uol.

O aracnídeo foi visto por várias pessoas, entre elas a administradora Flávia Prado. Ela fotografou o "bichinho" escalando o teto da residência onde mora, que fica no 8º andar de um prédio situado na zona urbana, onde há muitos imóveis.

Flávia Prado conta que ficou "muito desesperada' com o fato, já que tem filhas pequenas. "Eu logo pensei: vai matar minhas meninas", lembrou.

Depois de alguns dias, outra aranha foi vista pelos moradores do condomínio. A espécie em questão parece com a armadeira. Esta, além de ser maior, considerada é peçonhenta e de picada dolorosa.

Diversos relatos

Logo após a administradora ter postado a imagem em um grupo do bairro no Instagram, surgiram diversos relatos de pessoas que também passaram pela mesma situação. "Qual bicho seria esse?", questionaram.

"Está mesmo aparecendo aranha armadeira, tomem bastante cuidado, tem que chamar o pessoal do Meio Ambiente ou os bombeiros", alertou a moradora Denise Ferreira.

Aranha armadeira

Para o Uol, o biólogo Tiago dos Santos disse que "muito provavelmente" a aranha mencionada é da espécie armadeira.

"Ela é peçonhenta e pode ser perigosa sim, no sentido de que a picada, com veneno neurotóxico, pode levar a uma dor muito intensa e, por consequência, a quadros de desmaio, confusão mental, vômito ou taquicardia".

De acordo com ele, como os bebês têm imunidade, força e metabolismo mais frágeis, o efeito pode ser ainda maior neles. "Uma situação dessa demandaria atendimento médico de urgência", chamou atenção.

Como proceder

O biólogo destacou também sobre como proceder diante de aranhas, explicando que não é recomendado tentar pegar a armadeira ou tentar retirá-la do local utilizando com vassoura ou outros objetos, pois elas têm mecanismos de defesa que são "relativamente agressivo".

"É claro que não são monstros. Mas aconselho a qualquer pessoa não retirar ela sozinha, é preciso chamar a Zoonose. Ameaçada, ela pode dar saltos de mais de um metro e alcançar a pessoa. É uma forma de se defender. Se você viu uma, liga para a Zoonose ou Bombeiros", pontuou.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil