Prestadores de serviço: o que você precisa saber para contratar

Planejar a festa dos sonhos requer cuidados com prestadores de serviço. Confira dicas e recomendações sobre esse tipo de contratação.

A organização de um evento envolve uma série de prestadores de serviço, como buffet, decoradores, fotógrafos, equipe de filmagem, equipe de som, iluminação, entre outros. Um evento de sucesso conta com profissionais que devem entregar o que prometeram. E se não entregarem? O descumprimento de prazos de entrega ou a execução de serviços com qualidade ruim podem tornar o evento estressante e comprometer a realização do mesmo. “Para evitar problemas dessa ordem, os contratantes devem optar por empresas e profissionais com estrutura e capacidade técnica reconhecida e referendada no mercado; buscar empresas sindicalizadas, pois seguem um código de ética e trabalham com maior lisura para corresponder positivamente à manutenção de sua marca no segmento”, recomenda Circe Jane Teles da Ponte, Presidente do Sindicato das Empresas Organizadoras de Eventos e Afins no Estado do Ceará (Sindieventos-CE).

De acordo com a Presidente do Sindieventos-CE, o ideal é que o cliente, antes de fechar negócio, peça referências de profissionais e/ou empresas subcontratadas. Além disso, deve sempre solicitar mais de um orçamento e comparar propostas de valores. “O contratante deve ter muita atenção e critério com orçamentos pois esses estão mais sujeitos a prejuízos posteriores”, observa Circe Jane Teles da Ponte.

Muitas vezes, o organizador procura pelos serviços com bastante antecedência, como para casamentos, formaturas, 15 anos, entre outros. Por isso, a pesquisa
prévia é fundamental. Vale conversar com clientes antigos e até mesmo conferir algum evento de perto com a participação do fornecedor. Atenção ao contrato Quando o negócio é fechado, hora de assinar o contrato. Não tenha pressa para ler as letras miúdas. Confira todas as cláusulas e avalie o que será entregue pelo fornecedor, conforme o que foi combinado no momento da negociação. Peça para que os detalhes da entrega estejam expressos de forma clara no documento. “O contrato deve conter cláusulas claras, exequíveis, prazos adequados, sanções previstas, supervisionado por profissional competente e ser assinado antes do início dos serviços”, destaca a Presidente  do Sindieventos-CE.

Legenda: Circe Ponte, Presidente do Sindicato das Empresas Organizadoras de Eventos e Afins no Estado do Ceará (Sindieventos-CE).

Outro ponto importante a se observar são as multas contratuais. Se o fornecedor não cumprir a parte dele e o contrato não tiver punição para isso, a interpretação da cláusula será em favor do consumidor. O cliente também deve ficar atento à venda casada. O fornecedor pode indicar outros profissionais, mas não impor outro serviço, pois a escolha deve ser do consumidor.

Outro lado

Os consumidores também podem ser os causadores de danos. Para evitar transtornos, os fornecedores devem tomar certos cuidados, como obter referências dos clientes, pessoa física ou jurídica. “No caso de pessoa jurídica, deve ser solicitada documentação que ateste a regularidade”, alerta Circe Jane Teles da Ponte.

A Presidente do Sindieventos-CE também orienta que se acorde um sinal ou adiantamento na assinatura do contrato. “Com um contrato bem redigido e a excelência dos serviços prestados evita-se qualquer tipo de contestação. Deve-se atentar para a comunicação clara e registrada ao longo do processo”, recomenda.

SAIBA MAIS

De acordo com Circe Jane Teles da Ponte, o Sindieventos-CE presta orientações sobre contrato tanto para clientes como para fornecedores de eventos. “Temos
assessoria e consultoria jurídica e a rede de comunicação social ampla, atualizada e constante. Emitimos declarações e atestados de capacidade técnica e exclusividade, além de um código de ética que rege a conduta dos sindicalizados”, afirma.

Mais informações:
sindieventosce.com.br