Detentos trabalham na reforma da Penitenciária Industrial Regional de Sobral

Conforme a SAP, 35 detentos trabalham nas obras

Cerca de 35 detentos do sistema prisional do Ceará estão trabalhando na retorma da Penitenciária Industrial Regional de Sobral (PIRS). As obras começaram na segunda-feira (28) e devem ser concluídas em até oito meses, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). 

A pasta afirmou que os detentos trabalham como pedreiros, carpinteiros, serralheiros, armadores, auxiliares e em outras funções. A penitenciária será requalificada para aumentar o número de vagas. 

Em maio deste ano, a Defensoria Pública do Estado ingressou com um pedido de interdição da PIRS, devido à superlotação da penitenciária. Na época, a unidade acolhia 1.237 detendos e tinha a capacidade para 500. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados