Com investimento de R$ 250 mi, Crato firma concessão de esgotamento

Empresa privada ficará responsável por gerir os serviços

Esgotamento
Foto: Camila Lima

O município do Crato assina, nesta segunda-feira (23), contrato de concessão à iniciativa privada dos serviços de esgotamento sanitário da zona urbana da cidade.

O contrato atende às metas estabelecidas pelo Novo Marco Legal do Saneamento e tem previsão de investimentos na ordem de R$ 250 milhões, sendo aproximadamente R$ 100 milhões nos primeiros cinco anos de operação.

A previsão é que, nos anos iniciais, 50% da cidade tenha acesso à coleta, afastamento e tratamento de esgoto. Hoje, um terço do esgoto do Crato é coletado, porém, desse percentual, menos de 3% é tratado. Até 2033, a meta é garantir acesso a esgotamento a 90% da população.

Os serviços ficarão sob responsabilidade da Ambiental Crato, empresa da Aegea, que venceu o leilão realizado em fevereiro.



Assuntos Relacionados