Previsão de equilíbrio no Morumbi

Leia a coluna desta quarta-feira (3)

Imagem mostra jogadores de futebol abraçados
Legenda: Leia a coluna desta quarta-feira (3).
Foto: Kid Junior/SVM

Uma semana para decidir a sorte do Ceará na Copa Sul-Americana. O Vozão tem 100% de aproveitamento, índice não alcançado por nenhum outro clube na competição este ano. Na fase de grupos, o Vozão eliminou o Independiente, La Guaira e General Caballero (duas vitórias sobre cada). Nas quartas de final, com duas vitórias, o Vozão eliminou o The Strongest. Pronto: 100% de aproveitamento. Por isso mesmo, terá o privilégio de, em casa, no Castelão, decidir a vaga com o São Paulo.

Já o time de Rogério Ceni fez ótima campanha, mas não alcançou os 100% do Ceará, pois empatou com Everton (0 x 0). Eliminou, com duas vitórias, os demais concorrentes (Ayacucho, Everton e Jorge Wilstermann). Nas quartas de final, o São Paulo não tomou conhecimento do representante do Chile, o Universidad Católica (2 x 4 lá e 4 x 1 no Morumbi). Portanto, é uma campanha que se assemelha muito à do Ceará. E assim os dois chegaram às quartas de final. O São Paulo tem a vantagem de jogar em casa, no Morumbi. O Ceará terá a vantagem de decidir em casa, no Castelão. Na Série A, também estão próximos: o São Paulo tem 26 pontos. O Ceará tem 24 pontos. Teoricamente, há previsão de equilíbrio. 

Desfalques 

Das ausências alvinegras no jogo de hoje (Bruno Pacheco, Rodrigo Lindoso, Dentinho, Matheus Peixoto e Jhon Vásquez), a mais sentida, a meu juízo, será a de Bruno Pacheco. Embora o Ceará tenha boas alternativas para o setor, como Víctor Luís e Kelvyn, Bruno me parece o mais encaixado no modelo adotado por Marquinhos Santos. 

Artilharia 

Mendoza tem tido importante participação na Sul-Americana. É o vice-artilheiro da competição, com cinco gols. Na liderança da artilharia, com oito gols, está Bernardo Cuesta, atacante argentino que joga no do Melgar do Peru. Nas quartas de final, amanhã o Melgar enfrentará o Internacional de Porto Alegre.  

Internacional 

Vejam bem: o próximo adversário do Fortaleza será o Internacional-RS. O Fortaleza não tem jogo no meio da semana. O Internacional atua amanhã contra o Melgar em Arequipa, no Peru. Além do desgaste do jogo, terá o desgaste da longa viagem. Mesmo com a rotatividade no elenco, o esforço pesa demais na condição física dos atletas. O Fortaleza pode tirar disso o melhor proveito. 

Vitória 

Neste returno, em razão mesmo das circunstâncias vividas pelo Fortaleza, o objetivo tricolor terá de ser sempre a luta pela vitória. Em casa, então, não há como pensar em empate, independentemente do adversário. Para o tricolor, empate em casa tem praticamente o mesmo sentimento de derrota: não adianta nada. O momento é bom para ganhar do Inter, confirmando a reação no returno.



Assuntos Relacionados