O jornalista, o vaticínio e o Ceará

Mais que se engasgou: escapou de tomar uma goleada de 3 a 0. Do vaticínio ao fato concreto foi um pulo

ceará x américa mg
Legenda: Ceará perde para o América (MG) com exibição fraca
Foto: Israel Simonton/CearaSC

Não sei pela boca de quem falou o jornalista Fernando Maia, aqui do Diário do Nordeste. De um anjo não foi. Mas também não foi pela de um demônio. Usou mesmo a voz da experiência. Após a boa apresentação diante do Flamengo, Fernando vaticinou: “Agora pode esperar. Parece até que estou vendo. O Ceará vai pegar o América-MG e é bem capaz de se engasgar com ele”. Mais que se engasgou: escapou de tomar uma goleada de 3 a 0. Do vaticínio ao fato concreto foi um pulo. Dizem que o Ceará atuou no Estádio Independência. Eu não vi. Esteve em campo, mas a bola ficou em Porangabussu.

Para não dizer que todos afundaram, salvou-se o goleiro Richard. Acontece. E lamentavelmente aconteceu. Grande diante dos grandes. Médio diante dos médios. Pequeno diante dos pequenos. Os times cearenses são conhecidos por reanimarem time considerados mortos ou os que estão moribundos em leitos de UTI. O América recebeu do Vozão oxigênio. Manhã e tarde de Fabrício Silva. Sim, não me venham com desculpa de calor escaldante. No Estádio Independência, o Sol nasceu para todos. E foi para todos até depois do meio-dia. Quem brilhou mesmo foi Fabrício Silva, autor dos dois gols da vitória. 

Cuidado 

O Fortaleza enfrenta o Cuiabá hoje à noite no Castelão. Mais um jogo tido teoricamente como de três pontos certos para o Leão. Mas, diante do Juventude em Caxias do Sul, também era jogo de três pontos certos para o Leão. Ficou num pontinho apenas. E mais: uma perda de pênalti, acompanhada de forte frustração. 

Observação 

O Cuiabá aprontou na rodada passada. Suportou toda a pressão do Palmeiras e ganhou dentro do Allianz Parque. Contrariou a lógica das coisas. Mas é assim mesmo que funciona o futebol. A graça está nisso. Então, mais um motivo de advertência para o Fortaleza, que tem deixado escapar vitórias certas. Vale a advertência.  

Conhecidos 

No Cuiabá estão jogadores bem conhecidos do futebol cearense. O zagueiro Paulão, ex-Fortaleza; Auremir, ex-Ceará e ex-Fortaleza; Uillian Correia, ex-Ceará; técnico Jorginho, ex-Ceará. O gol da vitória sobre o Palmeiras foi marcado por Uillian Correia, ex-Ceará. São jogadores de qualidade. Recado dado. 

Mais um empate 

O ferroviário empata novamente. Virou trauma. Perdeu o rumo de saber vencer. Nem diante do Jacuipense, vice-lanterna, o Ferrão encontrou o caminho do gol. Em casa, no Elzir Cabral, deixou escapar a chance de voltar ao G-4. Um 0 x 0 insosso. O próprio Francisco Diá esgotou o estoque de frases de efeito. Ainda assim acredita na classificação. Tomara!