O Fortaleza pode avançar muito mais

Com a vitória sobre o Corinthians, a imagem positiva do tricolor cearense melhorou ainda mais

Robson contra o Corinthians
Legenda: Atacante Robson marcou contra o Corinthians, numa atuação bastante superior do Leão em relação ao rival paulista
Foto: Thiago Gadelha

A Série A do Campeonato Brasileiro passou da metade do que se convencionou chamar de primeiro turno ou “virada da montanha”. O certame completo tem 38 rodadas. Portanto, a metade tem 19. O certame vai agora para a 12ª rodada. Já, já, alcançará a metade da disputa. E o Fortaleza firme no G-4. A campanha do Fortaleza, exceto alguns apagões, tem se mostrado consistente. A crônica do Sul/Sudeste, quase sempre contida nas referências aos clubes nordestinos, tem aberto espaço para elogiar a forma de jogar do Leão. Com a vitória sobre o Corinthians, a imagem positiva do tricolor cearense melhorou ainda mais. O primeiro tempo do Fortaleza foi impecável, jogando bonito, fato que chamou a atenção da mídia nacional. E observem que Ederson, um dos melhores do elenco tricolor, não atuou. Se o Fortaleza continuar assim, não será exagero dizer que o Leão poderá ousar ainda mais. Mirar a Libertadores não será utopia. Acreditar-se entre os melhores do Brasil não será soberba. Claro que há ainda muito chão de estrada para ser cumprido. Há muita água para passar sob a ponte. Entretanto, pelo que tenho visto nos demais clubes da elite, não há nada de tão extraordinário por aí. Querer mais não se trata de sonho mirabolante. É uma realidade cristalina. O Leão está numa fase esplendorosa.

Destino

Qual será o próximo clube de Rogério Ceni? Incrível o que aconteceu com ele no Flamengo. Ceni ganhou títulos, mas não conquistou a confiança. Restou a impressão de que os títulos aconteceram mais pela qualidade dos jogadores do que por mérito do treinador, criticado até mesmo quando o Flamengo conquistou o bicampeonato brasileiro.

Dunga

O ex-treinador Dunga sofreu críticas pesadas, quando dirigiu a Canarinho. Interessante: na Copa do Mundo da Rússia 2018, o Brasil, sob o comando de Tite, foi eliminado pela Bélgica nas quartas de final. Perdeu por 2 a 1. Na Copa do Mundo na África em 2010, sob o comando de Dunga, o Brasil também foi eliminado nas quartas de final. Perdeu para a Holanda por 2 a 1. Tudo igual, mas Tite não sofreu a crítica pesada.

Campeão

Na Copa América de 2007 na Venezuela, o Brasil, sob o comando de Dunga, foi campeão. Ganhou da Argentina (com Messi, Mascherano, Verón, Riquelme, Tévez, ) por 3 a 0. Na Copa América 2021, o Brasil, sob o comando de Tite, em casa, em pleno Maracanã, perdeu a decisão para a Argentina (0 x 1). Nem por isso Tite sofreu as críticas que Dunga sofreu. Dois pesos e duas medidas.

Primeiro mundo

As cenas de violência de parte da torcida inglesa contra a torcida italiana, após a perda da Eurocopa pelos anfitriões, demonstram que nem sempre ser primeiro mundo é sinal de elevada educação esportiva. Os ingleses revelaram-se incapazes de aceitar com elegância a vitória do adversário. Houve falta de educação e falta de respeito. O Brasil é que foi primeiro mundo: com educação e respeito aceitou a derrota para a Argentina.

 

 



Assuntos Relacionados