Situação da Avianca faz Temer liberar 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas

Decisão permitirá a formação de um grupo de investidores estrangeiros interessados investir na companhias aéreas com participação de até 100% do capital