Consumidores pagarão R$ 1,9 bi a mais na conta de luz