Agência dos EUA estima em 70% ocorrência de La Niña; Funceme não prevê impactos no Ceará

No levantamento, o órgão americano afirma que as condições provavelmente vão se desenvolver durante o outono do Hemisfério Norte e poderão se prolongar durante o inverno 2016/17