Justiça nega pedidos de empreiteiras e libera licitação do metrô de Fortaleza

O cronograma pôde ser mantido após o Tribunal de Justiça do Ceará indeferir mandados de segurança impetrados pelas empreiteiras Camargo Corrêa Infra, Queiroz Galvão e pela empresa espanhola Acciona.