NOVO ATENDIMENTO

TIM inaugura loja digital no CE; base de clientes sobe 20%

Novo conceito da operadora engloba autoatendimento e inclui a parte de serviço de venda e pós-venda

01:00 · 08.06.2018 / atualizado às 10:26 por Hugo Renan do Nascimento - Repórter
Image-0-Artigo-2411116-1
Empresa vai inaugurar, na próxima segunda-feira (11), uma loja digital em Fortaleza. Será a segunda unidade do tipo no Nordeste e a sexta no País

A digitalização de processos já é uma realidade na TIM. A companhia passou no último ano por diversas mudanças nos sistemas e canais de atendimento ao consumidor, bem como no lançamento de lojas digitais em todo o País. Como resultado dessa estratégia de mercado, a empresa aumentou a base de clientes pós-pagos em 20,5% no primeiro trimestre na comparação com igual período do ano passado e inaugura, na próxima segunda-feira (11), uma loja digital da TIM em Fortaleza, a sexta do Brasil e a segunda do Nordeste.

"Nós temos planos sim de abrir novas lojas com este conceito no Ceará, mas apenas no ano que vem. Começamos com essa proposta digital no segundo semestre do ano passado. É uma loja super inovadora, começou em São Paulo e agora a gente está trazendo para cá. A nossa proposta é estender este conceito para as lojas parceiras e já vamos iniciar esta expansão em algumas cidades cearenses da Região Metropolitana e cidades importantes, como Sobral", explicou Micheline Luna, gerente de lojas TIM no Nordeste.

A loja 100% digital será inaugurada no North Shopping Fortaleza e contou com investimentos da ordem de R$ 800 mil. "Nós estamos expandindo essa loja, dobrando de tamanho. Era uma loja bem pequena e agora estamos indo para uma de 133 metros quadrados (m²)". De acordo com Luna, a equipe de atendimento cresceu e agora conta com 10 consultores. O espaço vai oferecer experiências e interatividade com os produtos da operadora. Também terá módulos específicos para fabricantes de aparelhos, lançamentos e degustação em telas touch.

"É uma loja completamente diferente cuja proposta principal é oferecer uma experiência diferenciada para o cliente. É uma loja totalmente digital, é muito interativa, então o cliente entra e ele vai poder degustar não só os aparelhos, mas todos os aplicativos de conteúdo que a gente tem. Há também a possibilidade de fazer simulação de aparelhos, comparativos de modelos que o cliente sempre tem dúvida, sem necessidade de ajuda de vendedor", acrescentou.

Nova proposta

A gerente também afirmou que este novo conceito engloba autoatendimento. "É uma proposta bem diferente, mas também tem toda a parte de serviços de venda e pós-venda. Se o cliente quiser entrar na loja e fazer o próprio atendimento ele pode, ou se ele quiser ser assistido por um consultor ele vai ter à disposição um consultor para fazer todos os serviços que ele quiser. O atendimento é via tablet. Com isso, a gente modernizou os nossos sistemas para que o acesso de vendas seja mais rápido".

Segundo a executiva, enquanto um cliente olha um aparelho, ele pode ter o atendimento no mesmo local, sem precisar esperar por outro suporte. "Outro ponto para a parte de espera é que o cliente não precisa ficar dentro da loja. Se ele ficar na loja, ele tem toda uma experiência para passar o tempo, mas se ele não quiser, ele informa o número de telefone e a gente manda um SMS avisando quanto tempo falta para o atendimento", explicou.

Além de Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande e Curitiba estão entre as cidades que receberão as novas lojas digitais da TIM em breve. João Pessoa foi a primeira do Nordeste a receber o conceito de loja digital.

Comportamento

Mesmo com o aumento da base de clientes pós-pago da operadora, as contas pré-pago ainda são a maioria no Ceará, sendo 77% da base pré-paga e 23% dos segmentos pós, controle e web, totalizando mais de 3,1 milhões de clientes. Segundo Luna, a base é majoritariamente com este perfil. "Um comportamento do pré-pago é o cliente fazer recargas menores com uma frequência maior. A gente avalia que há também pessoas com restrição de crédito, mas que realizam recargas com valores mais altos".

A gerente ainda afirmou que a companhia oferece planos especiais, com praticamente os mesmos benefícios dos planos pós-pagos, aos clientes pré-pagos.

4G e biosites

Segundo a empresa, a operadora é líder em cobertura 4G no Ceará, presente em 138 municípios e atendendo a 96% da população urbana. Somente até abril deste ano, a empresa ampliou a abrangência da sua rede 4G para mais 12 novas cidades cearenses. "A TIM realiza a modernização do atendimento paralelamente aos investimentos na infraestrutura de rede, com a expansão da fibra ótica e da frequência em 700 MHz", informou a TIM. 

Este ano em Fortaleza, onde a legislação para instalação de novas antenas é mais restritiva, a empresa pretende ativar 24 novos biosites, solução de poste metálico com antenas e iluminação pública integradas, com menor impacto visual e urbanístico. Para densificação de seu sinal 4G pretende expandir o Projeto Refarming, utilizando parte do espectro de frequências disponibilizado pelas Redes 2G & 3G, cada vez menos utilizadas.

"Trata-se de um poste metálico desenvolvido para abrigar no seu interior equipamentos de telecomunicações (3G e 4G), ampliando e reforçando a cobertura em locais de alta densidade de tráfego. A novidade, desenvolvida e patenteada pela TIM, é uma excelente solução para reduzir o impacto visual causado pelas torres tradicionais, com a vantagem de poder funcionar como poste de iluminação ou ainda de receber câmeras de monitoramento e segurança da cidade. É a harmonia entre o meio ambiente e a tecnologia. Eles atendem áreas de sombra que precisam de reforço de cobertura. Não tem impacto visual e a perspectiva é neste ano instalar 24 biosites aqui no Ceará, sendo 22 na RMF e 2 no Interior. Atualmente, não tem nenhum no Estado".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.