Feriado estadual

R$ 375,4 mi vão deixar de girar

00:45 · 07.03.2013
Data escolhida para celebrar a abolição cairá em uma segunda-feira neste ano e prejudicará o setor produtivo

Ainda pouco conhecido pelos cearenses, tendo em vista que começou a valer em 2012, quando caiu em um fim de semana e passou despercebido, o feriado estadual da data magna acontece no próximo dia 25 e neste ano cairá em uma segunda-feira. Boa notícia para quem anseia por uma folga no trabalho, mas para o setor produtivo a pausa representa prejuízo. Para se ter uma ideia, com base no PIB (Produto Interno Bruto) cearense de 2012, de 94,6 bilhões, um dia a menos de produção deixa de movimentar R$ 375,4 milhões.


No intervalo de apenas duas semanas, março terá três feriados para serem usufruídos por quem almeja um descanso e lamentado pelo setor produtivo, que perde mais um dia útil para movimentar capital Foto: Fábio Lima

"O que agrava a situação é o fato do feriado ser apenas estadual, não havendo a possibilidade da produção ser compensado com o turismo", comenta o economista, Alex Araújo.

Ainda segundo o economista, outro fato que prejudicará o desempenho produtivo é a concentração de feriados, tendo em vista que serão três no intervalo de apenas duas semanas, já que, em 19 de março, é celebrado o Dia de São José e, no dia 29, a Sexta-Feira da Paixão. "Março já é um mês tradicionalmente fraco para o setor produtivo e tal coincidência nas datas é ruim para o mercado em geral", diz.

Desconhecimento

Apesar do governo do Estado ter confirmado a data como feriado, a população ainda está confusa, sem saber o que irá funcionar e se terá de trabalhar. Nem mesmo os órgãos públicos sabem informar se no dia 25 terá expediente.

A Secretaria Municipal de Educação (SME) informou, através da assessoria de comunicação, que o secretário chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho, se reunirá com o governador Cid Gomes para definir se na data haverá aula na rede estadual. Só depois é que irá decidir se terá aula na rede municipal de ensino.

Significado da data

O Ceará foi a primeira província do Brasil a abolir a escravidão, em 25 de março de 1884. No dia 1º de janeiro de 1883, a Vila do Acarape, atual município de Redenção, situado a 55 Km da Capital, emancipou os seus escravos um ano antes da província do Ceará.

A Emenda Constitucional que criou o feriado estadual, de autoria do deputado Lula Morais, foi aprovada pela Assembleia Legislativa no dia 1º de dezembro de 2011, sendo promulgada e publicada no Diário Oficial do Estado em 6 de dezembro de 2011.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.