Em 2017

Problemas com cartão de crédito lideram ranking de reclamações do Decon

Telefonia também foi um dos principais segmentos citados nas queixas de consumidores ao Decon

15:57 · 12.03.2018 / atualizado às 16:55 por Redação Diário do Nordeste
cartão de crédito
Ao todo, foram 549 queixas relacionadas a cartões de créditos registradas pelo órgão em 2017 ( Foto: Marcos Santos/USP Imagens )

Entre os assuntos mais reclamados ao Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) do Ministério Público do Ceará (MPCE), os problemas com cartões de crédito foram os principais motivos de dor de cabeça para os consumidores cearenses. Ao todo, foram 549 queixas registradas pelo órgão em 2017, 7,8% do total de reclamações apuradas. Os dados foram divulgados na tarde desta segunda-feira (12).

Em segundo lugar, estão os problemas de telefonia celular (7,5% das queixas ou 527 reclamações), seguido pela telefonia em geral (6,8%); outros contratos (6,4%); telefonia fixa (5,6%); banco comercial (4,8%); água/esgoto (4,1%); transporte (3,7%); TV por assinatura (3,3%) e problemas financeiros (3%). Outros assuntos compreendem 46,9% das reclamações.

Áreas

Em âmbito mais geral, a maioria das queixas dos consumidores diz respeito ao meio financeiro (26,3%). Problemas com produtos compreendem 25,3%, enquanto os serviços essenciais ficam com 24,1% dessa fatia. Outros 11,2% das reclamações são devido a problemas com serviços privados.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.