Novo secretário

Mansueto Almeida é confirmado no comando do Tesouro Nacional

Ex-técnico do Ipea, economista se aproximou do PSDB e, nas eleições de 2014, chegou a atuar na campanha de Aécio Neves

12:24 · 16.04.2018 / atualizado às 12:48 por Folhapress
Mansueto
Mansueto tem trânsito no meio político e é bem-visto por aliados do governo que tratam da relação da equipe econômica com o Congresso ( Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil )

O economista cearense Mansueto Almeida, que era responsável pela Secretaria de Acompanhamento Fiscal e Energia do Ministério da Fazenda, foi confirmado nesta segunda-feira (16) como o novo secretário do Tesouro Nacional pelo Ministério da Fazenda. A ex-titular da pasta, Ana Paula Vescovi, foi indicada para ser a nova secretária executiva pelo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, na semana passada.

O ministério ainda confirmou o nome de Alexandre Angelo para ocupar o lugar de Almeida, e o de Ariosto Antunes Culau, que era chefe de gabinete da pasta, para a secretaria executiva adjunta. 

Ex-técnico do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Mansueto se aproximou do PSDB e, nas eleições de 2014, chegou a atuar na campanha de Aécio Neves na equipe de Arminio Fraga - o economista e ex-presidente do Banco Central liderou um time de especialistas na elaboração do programa de governo do tucano. 

Bem relacionado

O novo secretário do Tesouro Mansueto tem trânsito no meio político e é bem-visto por aliados do governo que tratam da relação da equipe econômica com o Congresso. Conta ainda com boas relações nas principais instituições do mercado financeiro, construídas no período em que era consultor de contas públicas (2014/2015).

Chega ao Tesouro em um momento em que aumentará a pressão por mais gastos do governo. Mansueto, porém, é considerado rigoroso na gestão fiscal, tendo sido um dos formuladores da regra do teto de gastos –que limita o aumento das despesas à inflação.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.