Mercado financeiro

Dólar fecha a R$ 3,46 na semana

01:00 · 28.04.2018

São Paulo. A velocidade com que o dólar atingiu R$ 3,50 nesta semana pegou de surpresa muita gente no mercado, e a trégua que a moeda americana deu nessa sexta-feira (27), quando recuou para R$ 3,46, não foi suficiente para afastar a possibilidade de novas valorizações.

A avaliação é de analistas ouvidos pela reportagem, que incluem entre os fatores de risco o receio de uma aceleração do ritmo de alta dos juros americanos, o que provocaria um fluxo de saída de dólares do Brasil para os Estados Unidos, além das incertezas eleitorais. Nesta sexta, o dólar recuou 0,43%, para R$ 3,463. Na semana, porém, teve alta de 1,5%.

Para as próximas semanas, a perspectiva é de que a moeda americana sofra mais oscilações, com o fator eleições presidenciais ganhando cada vez mais influência sobre o comportamento do dólar, diz Bruno Lavieri, economista da 4E Consultoria. Isso acontece porque os investidores têm pouca clareza sobre as diretrizes dos pré-candidatos que aparecem na liderança das pesquisas. Com isso, a tendência é de mais altas.

Bolsa

No Brasil, a alta do dólar não foi acompanhada de uma queda da Bolsa. Na semana, o Ibovespa subiu 1,05%. "Continua havendo fluxo de entrada para o Brasil, mas quem está comprando está protegendo o dólar , então há pressão desse movimento de hedge bem forte", diz Buccini.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.