Próximos às partidas para a europa

Com hub, Gol reforça voos pela manhã e à noite em Fortaleza

Mudança feita pela companhia amplia a possibilidade de prospecção de mais voos internacionais

A Gol disse que "haverá ainda mais opções de viagens em horários convenientes de e para o Brasil e Europa, com a combinação de aeronaves" ( FOTO: THIAGO GADELHA )
01:00 · 21.11.2017 por Yohanna Pinheiro - Repórter

A venda de trechos nacionais planejados para abastecer e redistribuir os voos da Air France-KLM, a partir de maio, do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, já foi iniciada pela Gol Linhas Aéreas. A companhia reorganizou a malha, ampliando em 35% a oferta atual, e montou dois blocos de conexões provenientes de Manaus, Belém, Natal, Recife e Salvador, sendo um pela manhã e um pela noite, este último próximo às partidas para Paris e Amsterdã.

O bloco de conexões pela manhã, com chegada a Fortaleza entre 7h35 e 7h45, reforça a possibilidade de prospecção de um voo internacional, possivelmente ligando a Capital cearense aos Estados Unidos pela Delta, como vem sendo negociado pelo governo do Estado. A companhia norte-americana nega qualquer informação sobre o assunto e a Gol afirma não haver nada previsto em relação aos EUA.

d

Opções

Questionada sobre o objetivo do bloco de conexões pela manhã, a Gol afirmou ao Diário do Nordeste que, até o lançamento da operação, em maio do próximo ano, "haverá ainda mais opções de viagens em horários convenientes de e para o Brasil e Europa, com a combinação de aeronaves Gol em território nacional e das parcerias no internacional". Na nota, ela reforça que um dos principais objetivos da companhia é reduzir ao máximo o tempo de conexão dos passageiros.

De fato, o tempo entre a chegada dos voos da Gol à noite, de 18h15 à 18h30, e os da Air France-KLM serão de cerca de pouco mais de uma hora - o de Paris, pela Joon, partirá às 19h35 às sextas-feiras e aos domingos, enquanto o de Amsterdã, pela KLM, decolará às segundas, quintas e sábados, às 19h50. No retorno, considerando o tempo para passar pela Receita Federal, o tempo de conexão é de cerca de duas horas e meia.

De acordo com o professor Claudio Jorge Alves, do Departamento de Transporte Aéreo do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), as mudanças representam a montagem do hub propriamente dito no terminal. "O hub exige que os voos tragam passageiros de diversas origens e, após a chegada, partam na sequência para os demais destinos. Um exemplo é um passageiro que vem de Belém, rapidamente para em Fortaleza, e segue a Salvador", aponta.

Ele explica que em ambos horários de acúmulo de voos a movimentação será muito intensa no aeroporto. "Vai ser preciso ter muita agilidade com as bagagens para fazer a troca de porão de avião e não trocar errada. São estratégias desenvolvidas para que o aeroporto realmente funcione como um hub. Isso exige infraestrutura instantânea e agilidade operacional", destaca Claudio Jorge Alves.

Atração

Aproveitando a instalação do hub da Air France-KLM em Fortaleza, a Embratur procurou a Easy Jet e a Norwegian no início do mês para incentivá-las a buscar parceiros brasileiros, informou ontem (20) a coluna do Lauro Jardim, do O Globo. O presidente da autarquia, Vinicius Lummertz, esteve de 6 a 16 de novembro na Europa, passando por Londres, Manchester e Paris, para divulgar o Brasil com foco nos destinos do Rio de Janeiro e do Ceará.

De acordo com a Embratur, Lummertz defende que, assim como Air France-KLM e a Gol, outras parcerias com aéreas de baixo custo são fundamentais para facilitar a vinda do turista estrangeiro. Ele acredita, ainda, que com a aprovação, pelo Congresso, do projeto que prevê aumento da participação de estrangeiros no capital das aéreas (atualmente é 20%, mas poderá chegar a 100%), o que deve ocorrer ainda este ano, a situação tende a ficar melhor.

Em nota, a autarquia ressaltou que não tem o papel de comercialização, apenas de aproximação, e que tem feito contatos com outras empresas de baixo custo, em especial europeias, para mostrar o potencial do mercado brasileiro.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.